• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Mapa Mental: Teoria Ácido-Base

Quer ver a Teoria Ácido-Base de forma resumida para você aprender mais rápido? Então, confira esse mapa mental:

Mapa Mental: Teoria Ácido-Base

Vamos falar sobre 3 teorias, chamadas teorias ácido-base,  muito importantes no estudo da acidez e basicidade dos compostos. A teoria de Arrhenius, em que definimos os conceitos de dissociação iônica e ionização; em seguida, falaremos sobre a Teoria de Teoria de Brønsted – Lowry ou teoria protônica e, por fim, a teoria mais abrangente até hoje, a Teoria de Lewis ou teoria eletrônica. Certamente, apresenta-se as definições de ácido e base nas três teorias mencionadas.

Teoria de Arrhenius (1887)

Svante August Arrhenius, um físico-químico sueco, realizou diversas experiências em meio aquoso e cogitou que as soluções poderiam apresentar partículas carregadas, chamadas de íons, assim surgiu a ideia da dissociação iônica. Cátions e ânions, partículas positivas e negativas coexistindo num mesmo sistema, sendo tal solução capaz de conduzir eletricidade, sendo o fato observado através de uma lâmpada acesa. Utilizou neste caso uma solução de NaCl, por exemplo.

Mas e se utiliza-se uma substância molecular?

Poderiam ocorrer duas situações:

1) Por exemplo, a glicose ( C6H12O6) em meio aquoso forma uma solução molecular que não possui a capacidade de formar íons, assim não conduz eletricidade.

2) Já o HCl, em meio aquoso, apesar de apresentar ligação covalente, consegue ser quebrado pela água e gerar íons, gerando uma solução iônica. Tal processo é denominado de ionização.

Gostou?

Veja também esse Resumo e Questões Comentadas para saber ainda mais sobre Teoria Ácido-Base! 🙂

Bons estudos.. 🙂