• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Mapa Mental: Concordância Verbal

Não deixe português complicar sua vida! Confira este mapa mental sobre Concordância Verbal e fique pronto para mandar bem na sua prova! 😉

concordância verbal

 

Concordância é o modo pelo qual as palavras alteram suas terminações para se acomodarem a outras palavras. Logo, a concordância verbal trata das alterações do verbo para se acomodar ao seu sujeito. Como regra geral, a concordância verbal é o processo em que o verbo da oração altera suas desinências para ajustar-se em pessoa e número ao seu sujeito, o que significa que verbo e sujeito deverão concordar mesmo que a frase esteja na ordem inversa (verbo anteposto ao sujeito).

No entanto, há muitos casos em que o sujeito simples é constituído de formas que fazem o falante cometer erros, de acordo com a norma culta, no momento de estabelecer a concordância verbal. Normalmente, as infrações às normas da concordância ocorrem devido ao significado de expressões que nos transmitem noção de plural, como os substantivos coletivos, apesar de terem forma de singular, ou vice-versa. Para evitar problemas gramaticais, é importante ter atenção aos seguintes casos.

Casos de concordância verbal com sujeito simples

  1. Quando o sujeito é um coletivo, a concordância verbal se dá com o verbo acompanhando o número do substantivo coletivo.
    Ex.: O bando perturbou a pacata cidade./ Os bandos perturbaram a pacata cidade.

    Se o coletivo vier especificado ou modificado por adjunto adnominal, o verbo pode ficar no singular ou ir para o plural. Ex.: A multidão de fãs gritou./ A multidão de fãs gritaram.

  2. Quando o sujeito for uma expressão partitiva (a maioria de, a maior parte de, grande parte de, metade de etc.) antes do verbo, o verbo pode ficar no singular ou no plural.
    Ex.: Grande parte dos torcedores comparareceu/compareceram ao estádio.
  3. Quando o sujeito é um pronome de tratamento, as regras de concordância verbal definem que o verbo deve ficar sempre na 3ª pessoa (do singular ou do plural).
    Ex.: Vossa Santidade esteve no Brasil./ Vossas Altezas pediram silêncio.

QUER SABER MAIS SOBRE CONCORDÂNCIA VERBAL? CLIQUE AQUI E LEIA NOSSO RESUMO!