• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

4 imagens que vão te ajudar a nunca mais confundir as Variações Linguísticas!

A variação linguística é a mudança que pode ocorrem em algum ou em vários dos subsistemas constitutivos de uma língua (fonético, morfológico, sintático, léxico e semântico) de acordo com as condições sociais culturais, regionais e históricas.

 

 

Variação Histórica

Refere-se aos estágios de desenvolvimento de uma língua ao longo da história.

Exemplo: Português arcaico x português contemporâneo.

 

 

Variação Geográfica

Variedade que a língua portuguesa assume nos diferentes lugares onde é falada.

 

Variação Social

 

Refere-se às formas da língua empregadas pelas diferentes classes ou grupos sociais.

 

Variação Situacional

É a capacidade que tem um mesmo indivíduo de empregar as diferentes formas da língua em situações comunicativas diversas, procurando adequar a forma e o vocabulário em cada situação.

 

Considerações importantes sobre as variações linguísticas:

– Todas as variações estão presentes tanto na língua falada quanto na língua escrita. Podemos, inclusive, encontrar (e usar) as variações linguísticas em diferentes contextos de produção escrita.

– Existe uma variedade de língua padrão, que é a variedade linguística de maior prestígio social. Aprendemos a valorizar a variedade padrão porque socialmente ela representa o poder econômico e simbólico dos grupos sociais que a elegeram como padrão.

– É importante compreender as variações linguísticas para melhor usar a língua em diferentes situações. Utilizar a língua como meio de expressão, informação e comunicação requer, também, o domínio dos diferentes contextos de aplicação da língua.

– O idioma pode ser um instrumento de dominação e discriminação social. Devemos, por isso, respeitar as linguagens utilizadas pelos diferentes grupos sociais.