• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Já pensou em receber conselhos amorosos e aproveitar para estudar Romantismo para o vestibular?

Sem sombra de dúvidas, a 2ª Geração do Romantismo é uma das mais cobradas em todos os vestibulares do Brasil. E aqui entre nós, é uma delícia estuda-la, não é mesmo? Apesar de ser uma poesia com traços do século XIX, quando se está apaixonado(a), não importa onde ou quando, aquele nervosismo de ver o boy ou a girl magya são os mesmos sentidos a séculos por centenas de poetas românticos.

Estude o Romantismo e aproveite dicas para o seu romance

Por isso, aqui vão algumas dicas para você, aluno(a) apaixonado(a), não cair na mesma cilada que o eu lírico romântico expressava em sua poesia. Siga-as com atenção!

1. Não idealize demais

Ok que a pessoa pode ter 171867279 características maravilhosas que te faça pensar nas coisas mais bobas e fofinhas 24 horas por dia, faz parte né? Mas mantenha os pés no chão! Uma das principais características românticas era a idealização amorosa, colocar a pessoa amada em um “pedestal” e idolatrá-la sem limites. Na vida real, a gente sabe que, se ignorarmos totalmente as coisas que não nos agradam em uma pessoa ou fingirmos que não há defeitos nelas, é capaz de sofrermos bastante no final

Estude o Romantismo e aproveite dicas para o seu romance

2. Não extrapole no sofrimento

Quando estamos na pior, por causa da pessoa amada, é normal nos sentirmos desanimados e tristes. Impressionante como é nesse momento que a rádio toca todas as músicas de amor que você não queria ouvir e a televisão só mostra filmes românticos. Tudo bem “curtir” esse momento, mas não o eleve ao extremo. Os românticos tinham características pessimistas, devidas ao exagero de seu sofrimento e, muitas vezes, por saberem que a idealização era tamanha que nunca haveria uma aproximação real com a sua amada.
Estude o Romantismo e aproveite dicas para o seu romance

3. Ninguém é 100% inocente

Durante o século XIX, devido ao sentimento de amor platônico e à difícil relação de aproximação entre homem e mulher, o eu lírico das poesias românticas caracterizavam a figura feminina como símbolos de pureza e inocência, comparadas ao semblante de crianças e à pureza dos anjos. Ok, você pode achar alguém muito legal e realmente acreditar na sua brandura, mas evite generalizar, porque você não sabe o que passa na cabeça de seu/sua amado(a) e também não sabe de nada sobre suas experiências amorosas passadas,

Estude o Romantismo e aproveite dicas para o seu romance

 

Curtiram as dicas? Não deixem de comentar! Beijos!