• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Centro Histórico do Rio de Janeiro

Olá, meus nerds queridos! 😀

E aí, curtiram o final de semana? Espero que tenham relaxado bastante para começarem essa semana bem dispostos a adquirir novos conhecimentos, e assim ficarem ainda mais preparados para o Enem e outros vestibulares.

O assunto de hoje é o Centro Histórico do Rio de Janeiro. Como o Rio de Janeiro foi a capital do nosso país durante muito tempo, a região do Centro do cidade possui muita importância do ponto de vista histórico não só para o Rio de Janeiro em si, mas também para todo o Brasil. Nessa primeira parte falaremos sobre a história do Centro antigo do Rio de Janeiro e também sobre o processo de revitalização que a região vem sofrendo. Na segunda parte, iremos tematizar sobre diversos ponto específicos do Centro, como a geografia, economia, educação e cultura.

E aí, preparados? Então, vamos lá! 😀

– Introdução:

O Centro é um bairro localizado na região central da cidade do Rio de Janeiro, no Brasil. É responsável por abrigar o coração financeiro da cidade. Apesar de possuir algumas residências, o bairro é praticamente todo considerado comercial, tendo em seu território desde prédios históricos até modernos arranha-céus. Suas áreas residencias estão localizadas, principalmente, no bairro de Fátima e no Castelo.

– História:

A história do Centro do Rio de Janeiro começou no ano de 1567, quando os portugueses que haviam fundado a cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro dois anos antes, no Morro Cara de Cão, se transferiram para o Morro do Castelo, que possuia melhores condições para expansão. A partir da chegada a esse morro, a cidade se expandiu nos séculos seguintes, passando a ocupar todo o atual Centro.

Desde 1763, quando o Rio de Janeiro foi considerado como capital da colônia, até 1960, quando a cidade perdeu essa condição de capital brasileira para Brasília, o Centro foi palco de algumas das mais importantes decisões e eventos da história do nosso país. Lembranças arquitetônicas desse passado persistem até os dias de hoje, tendo sido convertidas em grandes atrações turísticas.

Em 1921, idealizando à preparação da festa em comemoração ao centenário da independência brasileira, o Morro do Castelo foi colocado à baixo, dando lugar a atual região do Castelo.

– Processo de Revitalização:

Desde o final do século XX, o Centro do Rio de Janeiro vem passando por diversas transformações no sentido de valorizar e revitalizar a região. Colocado de lado frente a regiões como a Zona Sul durante a maior parte do último século, passou a também receber crescentes investimentos por parte de empreendedores do mercado imobiliário. Tem passado por um grande número de obras que visam a restauração e modernização dos velhos edifícios, assim como outros novos prédios foram e continuam sendo construídos. O grande desenvolvimento cultural e social das noites do Centro, com o advento do polo cultural da Lapa, deu um grande impulso ao local.

*

E aí, galera, descomplicou? Espero que tenham gostado! Quero ver as dúvidas de todo mundo aqui nos comentários, ok? :D

Uma ótima semana e bons estudos! 😀