• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Aula ao Vivo: Impulso e Quantidade de Movimento

O professor Leo Gomes estará te esperando nessa terça para te ensinar tudo o que você precisa saber sobre Impulso e Quantidade de Movimento para mandar muito bem nos vestibulares e ENEM <3
Confira os horários aqui nesse post e aproveite para baixar o material de apoio! 🙂

 tumblr_Blog-320x320px-Leo-gomes-01
Física: Impulso e Quantidade de Movimento
Turma da Manhã: 9:00 às 10:00, com o professor Leo Gomes.
Turma da Noite: 18:30 às 19:30, com o professor Leo Gomes.

Baixe aqui o material de apoio! É só clicar aqui embaixo 🙂

Material da Aula ao Vivo
Lista de Exercícios

MATERIAL DE AULA AO VIVO

1. Um jogador chuta uma bola de 0,4kg, parada, imprimindo-lhe uma velocidade de módulo 30m/s. Se a força sobre a bola tem uma intensidade média de 600N, o tempo de contato do pé do jogador com a bola, em segundos, é de:
a) 0,02
b) 0,06
c) 0,2
d) 0,6
e) 0,8
2.
fis01

O gráfico mostra a variação do módulo da força resultante que atua num corpo em função do tempo. A variação da quantidade de movimento do corpo, nos primeiros 10 segundos, em kgm/s, é:
a) 1.102
b) 5.102
c) 7.102
d) 8.102
e) 1.103
3. Uma bola de massa 100g é atirada horizontalmente contra a parede com uma velocidade de 5m/s e após a colisão retorna com a mesma direção sem que a sua energia cinética tenha sido alterada. De acordo com os dados, o módulo da variação da quantidade de movimento da situação descrita, em kg.m/s, é:
a) Zero
b) 1
c) 5
d) 10
e) 500
Gabarito

1. A
2. B
3. B

 

LISTA DE EXERCÍCIOS

1. Para que uma partícula A, de massa 2kg, tenha a mesma quantidade de movimento de uma partícula B, de massa 400 g, que se move a 90km/h, é necessário que tenha uma velocidade, em metros por segundo, de:
a) 1
b) 3
c) 5
d) 7
e) 9
2. Alguns automóveis dispõem de um eficiente sistema de proteção para o motorista, que consiste de uma bolsa inflável de ar.
Essa bolsa é automaticamente inflada, do centro do volante, quando o automóvel sofre uma desaceleração súbita, de modo que a cabeça e o tórax do motorista, em vez de colidirem com o volante, colidem com ela.
A figura a seguir mostra dois gráficos da variação temporal da intensidade da força que age sobre a cabeça de um boneco que foi colocado no lugar do motorista. Os dois gráficos foram registrados em duas colisões de testes de segurança. A única diferença entre essas colisões é que, na colisão I, se usou a bolsa e, na colisão II, ela não foi usada.

fis02

Da análise desses gráficos, indique a alternativa que melhor conclui a explicação para o sucesso da bolsa como equipamento de proteção:
a) A bolsa diminui o intervalo de tempo da desaceleração da cabeça do motorista, diminuindo, portanto, a intensidade da força média que atua sobre a cabeça.
b) A bolsa aumenta o intervalo de tempo da desaceleração da cabeça do motorista, diminuindo, portanto, a intensidade da força média que atua sobre a cabeça.
c) A bolsa diminui o módulo do impulso total transferido para a cabeça do motorista, diminuindo, portanto, a intensidade da força máxima que atua sobre a cabeça.
d) A bolsa diminui a variação total do momento linear da cabeça do motorista, diminuindo, portanto, a intensidade da força média que atua sobre a cabeça.
e) A bolsa aumenta a variação total do momento linear da cabeça do motorista, diminuindo, portanto, a intensidade da força média que atua sobre a cabeça.
3. Uma formiga F sobe com velocidade escalar constante a “rosca” de um grande parafuso, colocado de pé sobre um solo plano e horizontal, como indica a figura.
fis03
Em relação a um referencial no solo, podemos afirmar que:
a) as energias cinética e potencial de gravidade da formiga permanecem constantes.
b) a energia cinética e a quantidade de movimento da formiga permanecem constantes.
c) a energia cinética da formiga permanece constante, mas sua energia potencial de gravidade aumenta.
d) a quantidade de movimento da formiga permanece constante, mas sua energia potencial de gravidade aumenta.
e) a energia mecânica total da formiga permanece constante.
4. Um corpo de massa m=10kg se movimenta sobre uma superfície horizontal perfeitamente polida, com velocidade escalar v0=4,0m/s, quando uma força constante de intensidade igual a 10N passa a agir sobre ele na mesma direção do movimento, porém
em sentido oposto. Sabendo que a influência do ar é desprezível e que quando a força deixa de atuar a velocidade escalar do corpo é v=–10m/s, o intervalo de tempo de atuação da força, em segundos, é:
a) 4
b) 10
c) 14
d) 20
e) 25

 

Gabarito

1. C
2. B
3. C
4. C