• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Feliz UFF

Olá, Galera!

No próximo dia 19, haverá a última prova de uma verdadeira saga que é o vestibular ( Rio de Janeiro). Por isso, às vésperas da prova, é hora de vocês tirarem as dúvidas restantes para e fazer uma boa prova.

Espero que a análise das provas do vestibular fluminense esteja contribuindo para o estudo de vocês. Vamos, hoje, estudar mais algumas questões para que vocês percebam, mais uma vez, que as questões da UFF são objetivas e não apresentam muita dificuldade para os que estão com a língua portuguesa e as atualidades em dia.

Começo com a primeira questão do vestibular de 2009 em que há o texto de uma reportagem sobre a ideia do governador Sérgio Cabral de implantar a bicicleta como um novo meio de transporte no Rio de Janeiro após sua experiência em Paris. A letra (a) trabalha com a estrutura do gênero textual notícia que prima pela objetividade e imparcialidade. Entretanto, reparem na frase “A óbvia preocupação com a possibilidade de roubos não incomoda Cabral.”, o uso do adjetivo “óbvio” quebra com o aspecto da imparcialidade, visto que imprime ao texto o ponto de vista do autor. Como leitores atentos, vocês devem não só identificar as caractéristicas dos diferentes gêneros mas também perceber se há algum desvio como a questão pede. É importante ressaltar que questões assim se preocupam com a leitura e entendimento amplo dos leitores para que estes não sejam influenciados.

Pulo para a letra (c) da mesma questão que pede ao aluno para transcrever um exemplo em que o locutor se inclui discursivamente na situação. Ora, se um texto vem sendo escrito em 3ª pessoa e no último parágrafo, por exemplo, houve a mudança para 1ª pessoa do plural, claramente há uma intenção de quem escreve ao promover tal modificação. É justamente a frase que exemplifica isso pedida pela questão: “Antes das bicicletas, queremos ter mais segurança.” e “Os cariocas não andam mais de braços abertos, mas de braços para o alto, pedindo a Deus que nos proteja.“, estas frases ilustram bem a inclusão do locutor no discurso.

Me acompanhem agora para a questão 5 da prova de 2008. Reparem que, da mesma forma que a gramática é cobrada, as questões relacionadas à literatura também não apresentam pegadinhas. Após uma passagem do texto O alienista de Machado de Assis, no enunciado é destacado o seguinta trecho: “Porque a nova poética é isto, e só chegará à perfeição no dia em que disser o número exato dos fios de que se compõe um lenço de cambraia ou um esfregão de cozinha.” e é pedido ao aluno para identificar o estilo literário ao qual Machado se refere na frase em itálico. Observem que esse tipo de questão, próprio da UFF, exige do candidato, além do conhecimento das características das diferentes escolas, a capacidade de aplicação dessas características nos textos. Uma análise atenta da escolha vocabular do autor com o uso de termos como “perfeição” e de expressões como “número exato de fios” retratam a estética do Realismo, já que este se preocupa em retratar de forma fiel a realidade.

Deem uma olhada nas provas de 2007  e  nas outras questões das provas estudadas hoje. Vocês vão perceber logo que  estrutura e o nível de cobrança é semelhante ao ressaltado nos posts estudados por nós. No caso de alguma dúvida, comentem que tentaremos esclarecê-las.

Mais uma vez, desejo uma excelente prova para vocês e uma ótimo fim de ano com muita tranquilidade e energia positiva para o próximo ano.

Até mais!