• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Questões comentadas: Pré-Socráticos

Leia o resumo “Quais as principais características da filosofia pré-socrática?
e resolva os exercícios abaixo.

1. (UEL 2003) “Tales foi o iniciador da filosofia da physis, pois foi o primeiro a afirmar a existência de um princípio originário único, causa de todas as coisas que existem, sustentando que esse princípio é a água. Essa proposta é importantíssima… podendo com boa dose de razão ser qualificada como a primeira proposta filosófica daquilo que se costuma chamar civilização ocidental.” (REALE, Giovanni. História da filosofia: Antigüidade e Idade Média. São Paulo: Paulus, 1990. p. 29.)

A filosofia surgiu na Grécia, no século VI a.C. Seus primeiros filósofos foram os chamados pré-socráticos. De acordo com o texto, assinale a alternativa que expressa o principal problema por eles investigado.

a) A ética, enquanto investigação racional do agir humano.
b) A estética, enquanto estudo sobre o belo na arte.
c) A epistemologia, como avaliação dos procedimentos científicos.
d) A cosmologia, como investigação acerca da origem e da ordem do mundo.
e) A filosofia política, enquanto análise do Estado e sua legislação.

2. (Uncisal 2012) O período pré-socrático é o ponto inicial das reflexões filosóficas. Suas discussões se prendem a Cosmologia, sendo a determinação da physis (princípio eterno e imutável que se encontra na origem da natureza e de suas transformações) ponto crucial de toda formulação filosófica. Em tal contexto, Demócrito afirma ser a realidade percebida pelos sentidos ilusória. Ele defende que os sentidos apenas capturam uma realidade superficial, mutável e transitória que acreditamos ser verdadeira. Mesmo que os sentidos apreendam “as mutações das coisas, no fundo, os elementos primordiais que constituem essa realidade jamais se alteram.” Assim, a realidade é uma coisa e o real outra.

Para Demócrito a physis é composta:

a) pelas quatro raízes: o úmido, o seco, o quente e o frio.

b) pela água.

c) pelo fogo.

d) pelo ilimitado.

e) pelos átomos.

3. (Uff 2010) Como uma onda

“Nada do que foi será/ De novo do jeito que já foi um dia/ Tudo passa/ Tudo sempre passará/

A vida vem em ondas/ Como um mar/ Num indo e vindo infinito

Tudo que se vê não é/ Igual ao que a gente/ Viu há um segundo/ Tudo muda o tempo todo/ No mundo

Não adianta fugir/ Nem mentir/ Pra si mesmo agora/ Há tanta vida lá fora/ Aqui dentro sempre/ Como uma onda no mar/ Como uma onda no mar/ Como uma onda no mar”

(Lulu Santos e Nelson Motta)

 

A letra dessa canção de Lulu Santos lembra ideias do filósofo grego Heráclito, que viveu no século VI a.C. e que usava uma linguagem poética para exprimir seu pensamento. Ele é o autor de uma frase famosa: “Não se entra duas vezes no mesmo rio”.

Dentre as sentenças de Heráclito a seguir citadas, marque aquela em que o sentido da canção de Lulu Santos mais se aproxima

a) Morte é tudo que vemos despertos, e tudo que vemos dormindo é sono.
b) O homem tolo gosta de se empolgar a cada palavra.
c) Ao se entrar num mesmo rio, as águas que fluem são outras.
d) Muita instrução não ensina a ter inteligência.
e) O povo deve lutar pela lei como defende as muralhas da sua cidade.

GABARITO

1. E

Resolvendo passo-a-passo:

Tales de Mileto foi o primeiro filósofo. Ele surgiu em uma fase em que a questão central era a origem do mundo. Com a emergência da filosofia, os pré-socráticos passaram a analisar esse objeto não como cosmogonia, mas cosmologia, ou seja, uma análise racional acerca da origem do mundo. Apenas a partir de Sócrates a filosofia adquiriu temas pertinentes ao homem e à forma de conhecimento humano.

2. E

Resolvendo passo-a-passo:

a) O pré-socrático que defendeu as quatro raízes como sendo a physis foi Empédocles.
b) O pensador que afirmou ser a água a physis foi Tales.
c) O pensador que defendeu o fogo como sendo símbolo da mudança e do devir e por tanto physis foi Heráclito.
d) O pensador que afirmou que a physis era o ilimitado foi Anaximandro.
e) Demócrito afirmou que a physis era os átomos que se uniam de diversas formas para originar tudo que existe.

3. C

Resolvendo passo-a-passo:

Essa música é uma clara menção ao fragmento supracitado na alternativa “C”. No pensamento de Heráclito, o mundo está em constante mudança. Nesse caso, ele afirma não ser possível entrar duas vezes no mesmo rio, porque a cada segundo tudo o que existe se transforma, de modo que nada possa permanecer o mesmo. Isso se aplica às pessoas e a todas as coisas.

A maior sala de aula direto da sua casa! Junte-se aos 230 mil alunos que descobriram como melhorar os resultados estudando online!

👉 Clique aqui e saiba como!