• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Superbactérias podem cair no seu vestibular, além de cair no seu organismo. Saiba mais sobre elas!

Vocês já ouviram falar nas superbactérias?

Você conhece as superbactérias? Saiba tudo sobre elas!

Elas são bactérias que adquiriram resistência a múltiplos antibióticos!

Você conhece as superbactérias? Saiba tudo sobre elas!

 

Por que será que a utilização de antibióticos pode contribuir para o surgimento desse tipo de bactérias se eles foram feitos justamente para combate-las? Calma caro aluno, a Biologia pode te ajudar nessa questão! Os antibióticos são compostos químicos de origem natural ou sintética (medicamentos). Utilizados de maneira correta, são extremamente úteis e importantes, atuando no combate a diversas doenças causadas por bactérias. Um único antibiótico não é eficiente para tratar todos os tipos de infecções, cada tipo age de maneira específica.

O que acontece atualmente é: a utilização de antibióticos indiscriminadamente e da maneira incorreta provoca uma seleção que favorece a sobrevivência das linhagens bacterianas mais resistentes, diminuindo a eficiência de atuação do antibiótico!

Você conhece as superbactérias? Saiba tudo sobre elas!

 

Como assim? A resistência oferecida pela bactéria pode ocorrer de duas maneiras: através das mutações em seu DNA ativo e via transferência de DNA resistente entre bactérias diferentes. Os genes de resistência quase sempre fazem parte dos filamentos de DNA circulares extracromossômicos (plasmídeos) que podem ser transferidos entre organismos via conjugação, como exemplificado no esquema abaixo:

Você conhece as superbactérias? Saiba tudo sobre elas!

Ao longo das gerações essas variações serão repassadas, aumentando a quantidade de indivíduos que as possuem. Lembrem-se que essas variações que promovem resistência a determinado antimicrobiano podem constituir uma propriedade intrínseca de uma espécie de bactéria, bem como uma capacidade adquirida que contribui para sua sobrevivência aos antibióticos. Portanto aí vão algumas regras gerais para uso de antibióticos: 1. sempre procurar auxílio de um médico. 2. nunca usar um antibiótico, a não ser que o doente tenha uma infecção bacteriana. 3. nunca usar um antibiótico sem ter conhecimento de sua atuação específica. 4. saber quais os riscos da utilização do antibiótico. 5. utilizar o antibiótico somente na dose e período recomendados por um médico.

http://giphy.com/gifs/reactiongifs-13ZHjidRzoi7n2