• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Questões comentadas: Métodos Científicos

Assista uma aula e uma resolução de exercício sobre Métodos Científicos.

Já conferiu nosso resumo aqui no blog sobre Qual a importância do Método Científico? Ótimo! Você está preparado para testar seus conhecimentos com essas questões de vestibular abaixo! Confira:

 

1. (UERJ) O tempo de oscilação de um pêndulo não depende do peso do corpo suspenso na extremidade do fio. Com base neste conhecimento, Galileu, antes mesmo de realizar seu famoso experimento da torre de Pisa, afirmou que uma pedra leve e outra pesada, quando abandonadas livremente de uma mesma altura, deveriam levar o mesmo tempo para chegar ao solo. Tal afirmação é um exemplo de:

a) lei;
b) teoria;
c) modelo;
d) hipótese.

 

 

2. (UERJ) Até o século XVII, o papel dos espermatozoides na fertilização do óvulo não era reconhecido. O cientista italiano Lazzaro Spallanzani, em 1785, questionou se seria o próprio sêmen, ou simplesmente o vapor dele derivado, a causa do desenvolvimento do óvulo. Do relatório que escreveu a partir de seus estudos sobre a fertilização, foi retirado o seguinte trecho:

(…) para decidir a questão, é importante empregar um meio conveniente que permita separar o vapor da parte figurada do sêmen e fazê-lo de tal modo, que os embriões sejam mais ou menos envolvidos pelo vapor.

Dentre as etapas que constituem o método científico, esse trecho do relatório é um exemplo de:

a) análise de dados;
b) elaboração de hipótese;
c) coleta de material;
d) planejamento do experimento.

 

 

3. O tema “Teoria da Evolução” tem provocado debates em certos locais dos Estados Unidos da América, com algumas entidades contestando seu ensino nas escolas. Nos últimos tempos, a polêmica está centrada no termo teoria, que, no entanto, tem significado bem definido para os cientistas. Sob o ponto de vista da ciência, teoria é:

a) sinônimo de lei científica, que descreve regularidade de fenômenos naturais, mas não permite fazer previsões sobre eles;
b) sinônimo de hipótese, ou seja, uma suposição ainda sem comprovação experimental;
c) uma ideia sem base em observação e experimentação, que usa o senso comum para explicar fatos do cotidiano;
d) uma ideia apoiada pelo conhecimento científico, que tenta explicar fenômenos naturais relacionados, permitindo fazer previsões sobre eles;
e) uma ideia apoiada pelo conhecimento científico, que, de tão comprovada pelos cientistas, já é considerada uma verdade incontestável.

 

 

4. Um estudante decidiu testar os resultados da falta de determinada vitamina na alimentação de um grupo de ratos. Colocou então cinco ratos em uma gaiola e retirou de sua dieta os alimentos ricos na vitamina em questão. Após alguns dias, os pelos dos ratos começaram a cair. Concluiu então que esta vitamina desempenha algum papel no crescimento e na manutenção dos pelos. Sobre essa experiência podemos afirmar:

a) a experiência obedeceu aos princípios do método científico, mas a conclusão do estudante pode não ser verdadeira;
b) a experiência foi correta e a conclusão também. O estudante seguiu as normas de método científico adequadamente;
c) a experiência não foi realizada corretamente porque o estudante não usou um grupo de controle;
d) o estudante não fez a experiência de forma correta, pois não utilizou instrumentos especializados;
e) a experiência não foi correta por que a hipótese do estudante não era uma hipótese passível de ser testada experimentalmente.

 

 

 GABARITOS

1. D

Comentário: Uma lei é uma hipótese ou um conjunto de hipóteses apoiadas por grande número de experimentos. Como conseqüência essa hipótese passa a ganhar a confiança dos cientistas. O enunciado diz que Galileu não havia realizado o experimento ainda, o que anula a alternativa a e a alternativa b, já que a teoria abrange um conjunto de leis e hipóteses, formando um sistema mais amplo. Os modelos são interpretações/explicações de uma teoria, anulando a alternativa c, devido à inexistência de uma teoria. Após observações iniciais, Galileu imaginou que uma pedra leve e outra pesada deveriam levar o mesmo tempo para chegar ao solo, ou seja, uma explicação que poderia ser testada. Isso constitui uma hipótese e, portanto, a alternativa d é a correta.

 

2. D

Comentário: Analisando o enunciado da questão podemos extrair o que seria a hipótese de Spallanzani. Segundo sua hipótese o vapor do próprio sêmen poderia ser responsável pelo desenvolvimento do óvulo, ou seja, algo que pode ser testado. Isso não foi dito no trecho a ser analisado, anulando a alternativa b. Após o levantamento da hipótese, ocorre o planejamento do experimento, em que as medidas metodológicas para testar a hipótese são pensadas. Posteriormente essas medidas são colocadas em prática. O trecho a ser analisado descreve como o experimento será realizado, por isso a alternativa correta é a d. Após o planejamento é quando ocorre a coleta de material para a realização do experimento (vapor de sêmen e embriões), anulando a alternativa c. A análise dos dados é uma etapa posterior a coleta de material e ao experimento. Nessa etapa os resultados (dados) são analisados para então serem elaboradas conclusões ou novos questionamentos, anulando a alternativa a.

 

3. D

Comentário: A lei científica não é um sinônimo de teoria, pois essa engloba um conjunto de leis e hipóteses, o que anula a alternativa a e a alternativa b. Seguindo o método científico, hipóteses, leis e teorias são sempre criadas através de observação de fatos. Esses não são explicados de acordo com o senso comum, mas de acordo com o conhecimento científico acumulado ao longo do tempo, anulando a alternativa c. Apesar de embasadas no conhecimento científico, as leis e teorias não constituem verdades absolutas, pois podem ser modificadas e até substituídas à medida que novas observações ou experimentos são realizados, anulando a alternativa e. Portanto a alternativa correta é a d, que reforça a idéia de que as teorias são apoiadas pelo conhecimento científico e nos permite fazer previsões sobre os fenômenos naturais.

 

4. C

Comentário: Para testar uma hipótese devemos realizar um teste controlado. Seguindo o método científico, no teste controlado deve-se utilizar um grupo de controle ou de comparação (receberiam a dieta completa com a vitamina alvo) e um grupo experimental (dieta alterada com carência da vitamina alvo). Lembrando que para o teste ser realizado corretamente, as condições devem ser iguais para os dois grupos, ou seja, ratos da mesma espécie, mesma idade e sob as mesmas condições ambientais. Desta forma, as doenças que aparecerem no grupo experimental podem ser atribuídas exclusivamente à falta de vitamina. O estudante em questão queria testar uma hipótese que poderia ser testada através desse método, o que elimina a alternativa e. Porém o estudante errou ao utilizar apenas um grupo experimental, deixando o grupo controle de lado, o que vai contra o método científico e anula as alternativas a,b e c, e faz da alternativa c a correta.