• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Entenda síntese de proteínas em 5 passos (e um recado da Princesa Jujuba!)

Já pensou em entender tudo sobre síntese de proteínas com a Princesa Jujuba, do desenho “Hora de Aventura”? Aqui isso é possível, confira nossa lista!

Gerenciar o Reino Doce (o que é feito pela Princesa Jujuba, no desenho Hora de Aventura) deve ser complicado, mas não tanto quanto o processo de síntese de proteínas.

Será? Com essa lista aqui você vai ver que nenhum dos dois é tão difícil quanto parece! (Tá, talvez cuidar de um reino seja mesmo difícil…). E quem melhor do que a princesa Jujuba para nos ajudar com esse assunto? Prepare seu material e vamos lá!

“Eu estou bem. Não dormi por 83 horas seguidas, mas sim, estou bem” – Te entendemos, Jujuba…

1- Os doces e os ácidos nucleicos

Assim como o doce e o açúcar são os elementos formadores de todo o Reino Doce, o DNA e o RNA são os principais constituintes dos seres vivos, responsáveis pela transmissão das informações genéticas e produção de proteínas.

“Com essa amostra do James, eu posso ‘clonar’ um novo” – Com um pedaço de doce (e a habilidade da Jujuba) é possível criar e reconstruir tudo! Assim como o DNA e RNA guardam as informações dos organismos, e podem ser utilizados em experimentos de engenharia genética (mas esse não é o assunto aqui! Vamos seguir!)

2 – Com fogo e com enzimas não se brinca!

Da mesma forma que os cidadãos do reino de Fogo podem ser uma ameaça para o reino Doce, se uma enzima agir da forma errada, a transcrição não ocorre corretamente!

A transcrição consiste na formação de uma fita simples de RNA a partir de uma fita dupla de DNA, com o auxilio da enzima RNA polimeraze. Após sua formação no núcleo, o RNA migra para o citoplasma, onde vai desempenhar a síntese proteica

É só “alimentar” o DNA com a RNA polimeraze que teremos uma fita de RNA!

 

3 – As divisões de cargos e os tipos de RNA

Um reino inteiro não se controla sozinho, logo são necessárias outras pessoas para ajudar nos diversos cargos como, por exemplo, o mordomo Menta que, além de servir, ajuda na administração; os Guardas Bananas, que ajudam na segurança; e o Canelinha que é… bem, é ele.

O RNA também tem sua “divisão de cargos”, e são eles:

  • mensageiro (RNAm): é o RNA que vai do núcleo para o citoplasma, e determina a sequência de aminoácidos para a proteína
  • transportador (RNAt): transporta os aminoácidos para o local da síntese
  • ribossomal (RNAr): participa da estrutura dos ribossomos onde ocorerrá a síntese

Pra quem não acha o Canelinha importante, olha ele aqui vigiando o transporte de aminoácidos pelo RNAt! :p

4 – As leis do reino (e da tradução)

Assim como um reino tem leis para se manter, é importante se lembrar sempre desses detalhes sobre a tradução antes de continuarmos:

  • O RNAm é sempre lido em trincas de bases nitrogenadas, chamados de códons.
  • No RNA, a base nitrogenada complementar à Adenina (A) é a Uracila (U).
  • A leitura do RNAm se inicia a partir do códon chamado de códon start (AUG).
  • A leitura do RNAm termina no códon chamado de códon stop (UAA, UAG ou UGA).

“Não! Não, não! Pare de falar e vá para cadeia” – Toda vez que você fala que a tradução continua depois de um códon stop, a princesa manda alguém pra cadeia.

 

5 – Os heróis da síntese

Os guardas Banana não são lá muito eficientes em seu trabalho de guarda, então Jujuba conta com os grandes heróis Finn e Jake, importantes para determinar a paz no reino.

Assim como são os códons (trinca de bases nitrogenadas do RNAm) que determinarão qual aminoácido irá formar a proteína. Também temos os anti-códons (trinca de bases nitrogenadas do RNAt) correspondentes, que são importantes para o reconhecimento dos códons de RNAm, fazendo com que seja possível a entrega dos aminoácidos.

Após a leitura em trincas de toda a fita de RNAm, a tradução desta fita pode recomeçar, já que tanto o RNAm, o RNAt e o ribossomo estarão livres, e é formada a proteína.

“Você é um herói, Finn, meu herói” – Sem a atuação correta dos códons e anti-códons, não ocorreria a tradução! Eles são verdadeiros heróis 🙂

Bônus! Dica da Jujuba!

– A Biologia não é mágica!

“Você não sabe o que está fazendo, então você chama isso de mágica!”

Pois é, queridos alunos do Descomplica, a biologia muitas vezes trata de assuntos que não estamos acostumados, ou que não conseguimos ver, e pode ser difícil para alguns estudarem esses temas. Mas, a dica é: não deixe passar suas dúvidas para não ficar achando que “as coisas acontecem por mágica”! Fique sempre ligado aqui no Desconversa e você vai ver que a biologia é linda e pode ser sim muito fácil! 😀

Deixe um comentário com suas dúvidas, críticas e sugestões, e não deixe de olhar os outros materiais deste tema!

E não se esqueça do recado da Princesa Jujuba:

“Nós temos a ciência!”

Compartilhe

Avatar

Amei! Só não entendi uma coisa, tem um trecho q diz q ao final da leitura em trincas da fita de RNA mensageiro, a tradução pode Recomecar como assim recomeçar?

responder
Avatar

Oi Josiane! Então, as vezes uma mesma fita pode ser utilizada para produzir proteínas mais do que uma vez. Quando a fita termina de ser traduzida, ela volta a ficar livre, e se for necessária a produção de mais proteínas por aquela fita, a síntese recomeça. Deu para entender?

responder
Avatar

Eu amo A hora de aventura e junto com biologia então <3333 Muito amor *—* Adorei! Aqui no desconversa vocês mostram que as matérias podem se relacionar com as coisas mais aleatórias do mundo HSUAHUSASUAHS E não é que faz sentido? O Reino Doce tem outro sentido na minha vida agora kkkkkkkk

responder
Avatar

Esse assunto é mais complexo, mas deu para pegar numa boa, obrigado

responder