• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Como ocorre o fenômeno da especiação?

Uma espécie é um conjunto de seres vivos que se cruzam entre si, mas não com membros de outras espécies. Além disso, apresentam características próprias e genótipo característico. A formação de novas espécies de seres vivos é denominada especiação, uma etapa fundamental no processo evolutivo.

Quais os tipos de especiação?

Os cientistas acreditam que o surgimento de novas espécies ocorre por cladogênese, ou seja, uma espécie ancestral se diversifica dando origem a novas espécies.

Como ocorre o fenômeno da especiação?

Demonstração de cladogênese.

A especiação pode ocorrer de duas formas:

Especiação alopátrica

Para que haja formação de novas espécies, deve primeiramente ocorrer uma separação geográfica entre populações de uma espécie ancestral. Após o isolamento geográfico, as populações adquirem mutações e são selecionadas de forma isolada umas das outras. Isso pode ocasionar ao longo do tempo um acúmulo de diferenças genéticas que impedem o fluxo gênico entre essas populações, gerando um isolamento reprodutivo (a troca de genes entre elas não é mais possível).

Como ocorre o fenômeno da especiação?

Demonstração de especiação alopátrica.

Especiação simpátrica

Nesse caso, as espécies podem surgir sem que haja isolamento geográfico inicial, ou seja, o processo de especiação ocorre em uma mesma região. Uma especiação simpátrica pode acontecer graças a erros na divisão meiótica, produzindo gametas diplóides ao invés de haplóides. O cruzamento entre dois gametas diplóides forma embriões tetraplóides. Dois indivíduos tetraplóides podem cruzar entre si e originar descendentes férteis, enquanto o cruzamento de tetraplóides com diplóides gera indivíduos triplóides estéreis. Dessa maneira, os indivíduos tetraplóides tornam-se reprodutivamente isolados dos diplóides, podendo originar uma nova espécie (esse processo é mais comum em plantas do que em animais).

Como ocorre o fenômeno da especiação?

Exemplo de especiação simpátrica em plantas.

A especiação simpátrica também pode ocorrer graças à exploração de um novo nicho por indivíduos de uma espécie. O fato de uma espécie explorar um nicho novo pode automaticamente reduzir o fluxo gênico com indivíduos que exploram outros nichos. Vejamos o caso da mosca da maçã:

“Há 200 anos, os ancestrais da mosca da maçã depositavam seus ovos somente em espinheiros. Hoje em dia, essas moscas depositam seus ovos em espinheiros, mas também em maçãs domésticas (espécie introduzida na América). As fêmeas geralmente escolhem os tipos de frutos em que cresceram para depositar seus ovos e os machos tendem a procurar por companheiras nos tipos de frutos onde eles cresceram. Então moscas de espinheiros geralmente acabam acasalando com outras moscas de espinheiros e moscas da maçã geralmente acabam acasalando com outras moscas da maçã. Isto significa que o fluxo gênico entre as camadas da população que acasalam em diferentes tipos de frutos é reduzido. Esta mudança de hospedeiro de espinheiro para maçã pode ser o primeiro passo para a especiação simpátrica — em menos de 200 anos, algumas diferenças genéticas entre esses dois grupos de moscas evoluíram.”

Fonte: http://www.ib.usp.br
Como ocorre o fenômeno da especiação?

Exemplo de especiação simpátrica em animais

 

EXERCÍCIOS

1. (PUC-SP) Uma barreira geográfica separou a população A em dois grupos designados por A1 e A2. Com o decorrer do tempo A1 e A2 foram se diferenciando e deram origem, respectivamente, a duas populações designadas por B1 e B2. Indivíduos de B1 e B2 foram levados para laboratório e, cruzados, produziram todos os descendentes estéreis e com sérios problemas genéticos.
Com relação à descrição acima, foram aventadas as seguintes hipóteses:

I.    A1 e A2 podem ter passado por estágios em que deram origem a sub-espécies;
II.    II. B1 e B2 podem ser duas espécies distintas;
III. As proteínas produzidas por indivíduos das populações A1 e A2 devem apresentar maior semelhança entre si do que as produzidas por B1 e B2.

Pode-se considerar
a) apenas I e II viáveis.
b) apenas I e III viáveis.
c) apenas II e III viáveis.
d) I, II e III viáveis.
e) apenas uma delas viável.

Veja como resolver passo-a-passo essa questão! 

 

2. (UEM) Com relação à evolução biológica e à especiação, assinale o que for correto.
0 – Um dos princípios básicos das ideias evolucionistas por seleção natural é que os organismos com variações favoráveis às condições do ambiente onde vivem têm maiores chances de sobreviver, quando comparados aos organismos com variações menos favoráveis.
1 – As mutações podem ocorrer em células somáticas ou em células germinativas, sendo estas últimas de fundamental importância para a evolução, pois são transmitidas aos descendentes.
2 – A resistência de bactérias a antibióticos e de insetos a inseticidas, por terem a interferência humana na fabricação dessas substâncias, não podem ser exemplos de seleção natural.
3 – A cladogênese é um processo envolvido na especiação que, pela ruptura da coesão original em uma população, gera duas ou mais populações que não podem mais trocar genes entre seus indivíduos.
4 – O desenvolvimento de mecanismos que determinam o isolamento reprodutivo é importante na especiação. A inviabilidade do híbrido e a esterilidade do híbrido são mecanismos pós-zigóticos de isolamento reprodutivo.

Veja como resolver passo-a-passo essa questão! 

 

GABARITO

1. D

2. VVFVV