• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Você consegue resolver essa questão sobre Tecido Epitelial?

Queridos amigos do Descomplica, estamos entrando no estudo de histologia e essa semana estudaremos os Tecidos Epitelial e Conjuntivo. Para começar a despertar a curiosidade de vocês sobre essa parte da biologia que tem implicações diretas na nossa saúde e bem estar vamos analisar uma questão do vestibular da UFJF de 2012 e trabalhar alguns conceitos introdutórios da matéria.

Analise as seguintes afirmativas sobre tecido epitelial:

I) O tecido epitelial reveste o corpo e protege o organismo contra atritos, invasão de microrganismos e evaporação.

II) É caracterizado pela pouca quantidade de substância intercelular e abundância de vasos sanguíneos, o que favorece sua função de barreira contra invasão de patógenos.

III) Quanto mais grosso for o epitélio, melhor será sua capacidade de proteção; quanto mais fino, melhor sua capacidade de absorção.

IV) Nos vertebrados terrestres (répteis, aves e mamíferos), as células epiteliais da epiderme fabricam a actina, uma proteína impermeável que evita a desidratação.

V) As pessoas idosas têm cabelos grisalhos porque os melanócitos da base do pelo perderam a capacidade de produzir melanina.

Assinale a opção que apresenta somente informações CORRETAS:

a) I e II

b) I, III, IV

c) II e IV

d) I, III, V

e) II, IV, V

 

Se você está lembrado da aula do professor Oda, vai logo perceber que a primeira afirmativa está correta, afinal o tecido epitelial possui dois subtipos: o de revestimento e o glândular. O epitélio de revestimento irá proteger o organismo, revestindo-o tanto internamente quanto externamente e servirá como barreia à invasão de patógenos e à dessecação do nosso organismo.

Tá fácil, né? Se não, é hora de voltar a aula de tecido epitelial antes de resolver essa questão.

Grosso modo, as principais características do tecido epitelial é: (i) ter uma alta taxa mitótica, isso é se multiplicar em grande velocidade; (ii) apresentar pouca substância intercelular; (iii) células pouco diferenciadas quando comparadas aos demais tecidos; (iv) múltiplas origens embrionários; e, por último, mas não menos importante, (v) ausência de vasos sanguíneos. Opa, parece que essa última característica não foi respeitada no item II, não é?

Epitélios espessos como, por exemplo, o epitélio estratificado queratinizado que é encontrado na epideme, são proteções extremamente eficientes. Os epitélios dos nossos pulmões, intestino, rins e outros, são mais delgados, pois a precisam permitir intensas trocas de substâncias que possibilitam a esses órgãos cumprirem suas funções. O item III parece fazer sentido para mim, e para você?

Nós, vertebrados terrestres, possuímos células queratinizadas na superfície da nossa epiderme, tornando esse tecido eficiente contra agressões ambientais (atrito, sol, chuva etc.). A actina é um filamento que está associado ao citoesqueleto celular e à contração das células musculares. Semana que vem teremos tempo pra falar dela melhor. O importante aqui é perceber essa pequena troca que pode confundir a cabeça de muito aluno estudioso.

Estamos chegando agora ao final da questão. A melanina é uma proteína pela pigmentação e seu papel na proteção contra radiação solar. A produção da mesma é sim feita pelos melanócitos na base dos pelos que com o tempo podem caducar dando chance pros pelos grisalhos surgirem.

Parabéns amigos, agora sabemos que a opção correta é a letra D.

Pedro Moreno, monitor de Biologia

 

Essa questão foi resolvida pelo monitor de Biologia, Pedro Moreno.