• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Um resumo completo sobre Tecido Muscular está te esperando aqui!

O assunto tratado na monitoria dessa semana envolve dois tecidos, o nervoso e o muscular. Alguns conceitos do tecido foram relembrados aqui no blog com a questão. Agora vamos rever brevemente os principais tipos de tecido muscular.

Pra começar, vamos analisar um corte histológico longitudinal de cada um desses tipos. Ao lado podemos ver um desenho esquemático reforçando algumas características diagnósticas que discutiremos e um exemplo de local onde ocorrem.

 

Corte histológico longitudinal de tipos musculares

Fonte: Raven, P. Johnson, G. Biology, 9ª ed, McGraw-Hill, New York, NY, pp.
1871, 2009.

Músculo Liso (primeiro de cima para baixo) possui célular alongadas e fusiformes, com um único núcleo. É responsável por contrações lentas e involuntárias. Ocorre em muitos órgãos internos ocos como, por exemplo, intestinos, bexiga, vasos sanguíneos; está sob controle do Sistema Nervoso Autônomo (SNA).

Músculo esquelético (ou estriado esquelético), segundo de cima para baixo, possui células cilíndricas, alongadas, estriadas e multinucleadas. O núcleo normalmente se encontra na periferia da fibra. Responsável por todos movimentos involuntários, correr, levantar, peso e outras tantas atividades que desempenhamos regularmente. Ocorre em quase todo corpo, na maioria dos casos associado ao esqueleto.

Músculo Cardíaco (ou estriado cardíaco), terceiro de cima para baixo, assim como o esquelético apresenta estriações e células cilíndricas, mas suas células  são menores, apresentam apenas um núcleo mais centralizado. As célular também se ramificam e interdigitam-se formando uma malha resistente à pressão e possuem discos intercalares, junções protéicas que criam alta conexão entre as fibras e continuidade citoplasmática. Ocorre no coração (ou miocárdio).

 

Pedro Moreno, monitor de Biologia

Esse resumo foi produzido pelo monitor de Biologia Pedro Moreno.