• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Até mesmo o seu leite quente do café da manhã pode cair no seu vestibular. Duvida?

Galera, nessa ultimas semanas eu tenho visto um assunto ficar muito badalado e evidente: intolerância/alergia ao leite. Além das pessoas que realmente tem restrições ao leite, há muitos outros casos em que as pessoas cortam o leite e seus derivados do cardápio quando,  na verdade, não precisam realmente deixar de se alimentar dos laticínios, ou seja, o fazem por modismo.

O seu leite do café da manhã pode cair no vestibular. Duvida?

Esse cara aí provavelmente nem sabe o que é modismo.

Essa postagem será direcionada para esclarecer você, querido aluno, sobre esses assuntos. Afinal, tudo o que é badalado pode cair na sua prova de vestibular. 😉

Primeiramente, qual a diferença entre a alergia e a intolerância ao leite?

A alergia é um mecanismo do nosso organismo quando ele está em contato com algo que ele reconhece como estranho. Podemos dizer, então, que é uma reação do sistema imune quando exposto a um antígeno, levando o corpo a produzir anticorpos para combater esse “corpo estranho”. As pessoas que apresentam alergia, na verdade, não podem consumir produtos que tenham a proteína do leite. Elas são alérgicas a essas proteínas.

O seu leite do café da manhã pode cair no vestibular. Duvida?

No caso em que analisamos, esse corpo estranho é a proteína do leite e derivados ingeridos, ou até contato com quaisquer outros produtos que contenham leite. Com isso, é desencadeado um processo alérgico que pode resultar nos seguintes sintomas: urticária e angioedema, dermatite atópica, dermatite herpetiforme, hipersensibilidade gastrintestinal  imediata, síndrome da alergia oral, esofagite alérgica, gastrite alérgica, asma persistente, rinite alérgica, dentre muitos outros sintomas.

O seu leite do café da manhã pode cair no vestibular. Duvida?

Parece que a Britney sabe bem o que são esses sintomas!

Já as pessoas que possuem intolerância o têm quanto a um açúcar presente no leite, a famosa lactose que não é digerida quando ingerida. Com isso, as bactérias intestinais fermentam este açúcar produzindo gases que causam desconforto abdominal e substratos que deixam a luz do intestino hipertônica, levando ao acúmulo de água no seu interior e consequente diarreia.

Por isso é muito importante que rótulos de alimentos contenham indicado se há ou não a presença de leite no mesmo.

Descomplicamos esse assunto? Não esqueça de deixar seu comentário!