16 adaptações da Literatura Contemporânea para as telas!

14/10/2016 Larissa Coelho

Confira 16 grandes obras da Literatura Contemporânea adaptadas para o cinema e a televisão e fique pronto para arrasar na sua prova!

literatura contemporanea

Tô ligado que a galera curtiu passar um tempinho vendo TV em vez de pegar nos livros! Mas nada de passar o dia todo vendo televisão e dizer que está estudando! Vamos tirar uma horinha para ver as adaptações de grandes obras da literatura contemporânea brasileira, mas depois volte para o Descomplica para fazer os exercícios!

DÊ UMA OLHADA EM NOSSO GABARITO ENEM 2015!

1. A Madona de Cedro (1968), baseado no livro de Antônio Callado

literatura contemporanea

Sinopse: Em Congonhas do Campo, Delfino Montiel é um pacato e religioso comerciante de figuras religiosas esculpidas. Ele recebe a visita de Adriano, que o leva ao Rio de Janeiro para que se encontre com o misterioso patrão dele, Doutor Vilanova. Na praia, Delfino conhece Marta e ambos se apaixonam. Enquanto isso Adriano lhe conta que seu patrão é um colecionador de arte roubada e está interessado em uma obra de Aleijadinho, a “Madona de Cedro”, exposta numa das igrejas de Congonhas do Campo, e propõe-lhe dar dinheiro em troca de que roube a escultura. Delfino acaba concordando. Se casa com Marta e se torna sócio de uma fábrica de exploração de “pedra sabão”, com o dinheiro recebido pelo roubo. Mas, além dos problemas de consciência, Delfino acaba chantageado por Pedro, o sacristão coxo e caolho que cobiça Marta. O homem soube que ele fora o ladrão através da maltrapilha deficiente mental Lola Boba, que estava na igreja na hora do roubo. E Doutor Vilanova e seus capangas também estão atrás de Delfino, pois descobriram que o objeto que receberam não era a verdadeira escultura de Aleijadinho.

2. Agosto (1993), da obra de Rubem Fonseca

literatura contemporanea

Sinopse: Escrita por Jorge Furtado e Giba Assis Brasil, a minissérie foi baseada no romance homônimo de Rubem Fonseca, teve direção geral de Paulo José, Denise Saraceni e José Henrique Fonseca e núcleo com Paulo José, apresentando nos papéis principais José Mayer e Vera Fischer. A história retrata, com licenças ficcionais, os acontecimentos que culminaram no suicídio do presidente Getúlio Vargas.

3. Ana Terra (1972), da obra de Érico Veríssimo

literatura contemporanea

Sinopse: O filme era uma ideia antiga de Alberto Ruschel e Tônia Carrero ainda da época da Companhia Vera Cruz, mas não saiu do papel. A história é a adaptação para o cinema do personagem criado por Érico Veríssimo em sua obra “O Tempo e o Vento”.

Rossana Ghessa foi premiada no Festival de Cinema de Nápoles como melhora triz e o filme recebeu a Placa de Ouro do júri, em 1972.

4. Faca de Dois gumes (1989), baseado num conto de Fernando Sabino

literatura contemporanea

Sinopse: Advogado de família ilustre, marido apaixonado, é traído por sua bela mulher, amante de seu sócio e melhor amigo. Planeja, então, um crime perfeito, articulando meticulosamente todas as peças de sua ação, mas sua atitude passional e fatores imprevisíveis, envolvendo corrupção e sequestro de seu filho, acabam por levá-lo a se envolver numa série de acontecimentos, que transformam sua vida numa faca de dois gumes, tudo se encaminhando para um final dramático.

5. Feliz Ano Velho (1987), do livro de Marcelo Rubens Paiva

literatura contemporanea

Sinopse: O filme retrata a vida de Marcelo Rubens Paiva, anterior e posterior ao acidente que o deixou tetraplégico.

6. Kuarup (1988), baseado no romance “Quarup”, de Antônio Callado

literatura contemporanea

Sinopse: Da obra de Antônio Callado, o filme narra a história do Padre Nando, que, na década de 1950, saindo de um isolado mosteiro de Recife, começa a trabalhar como missionário no Alto Xingu. Envolvido em tramas políticas e sofrendo com os desejos sexuais, ele deixa a igreja, vira indígena e mais tarde, já nos anos de 1960, passa a lutar contra o regime militar implantado em 1964.

7. Lavoura Arcaica (2001), do livro de Raduan Nassar

literatura contemporanea

Sinopse: André (Selton Mello) é um filho desgarrado, que saiu de casa devido à severa lei paterna e o sufocamento da ternura materna. Pedro (Leonardo Medeiros), seu irmão mais velho, recebe de sua mãe a missão de trazê-lo de volta ao lar. Cedendo aos apelos da mãe e de Pedro, André resolve voltar para acasa dos seus pais, mas irá quebrar definitivamente os alicerces da família ao se apaixonar por sua bela irmã Ana (Simone Spoladore).

8. Lisbela e o Prisioneiro (2003), da obra de Osman Lins

literatura contemporanea

Sinopse: O filme conta a história do malandro, aventureiro e conquistador Leléu e da mocinha sonhadora Lisbela, que adora ver filmes norte-americanos e sonha com os heróis do cinema.

9. Meu Tio Matou um Cara (2005), do livro de Jorge Furtado

literatura contemporanea

Sinopse: Éder (Lázaro Ramos) é preso ao confessar ter matado um homem. Duca (Darlan Cunha), um menino de 15 anos que é sobrinho de Éder, quer provar a inocência do tio. Ele tem certeza que o tio está assumindo o crime para livrara namorada, Soraya (Deborah Secco), ex-mulher do morto. Duca também quer conquistar o coração de Isa (Sophia Reis), uma colega de escola que parece estar mais interessada em seu melhor amigo, Kid (Renan Gioelli). Para conseguir provar sua teoria, Duca recebe a ajuda de Isa e Kid nas investigações e contrata um detetive para tirar fotos do apartamento de Soraya.

10. O Grande Mentecapto (1989, baseado no livro de Fernando Sabino

literatura contemporanea

Sinopse: O filme conta as aventuras e desventuras de Geraldo Viramundo, espécie de Dom Quixote que percorre Minas Gerais querendo transformar o mundo.

11. O Homem Nu (1997), da obra de Fernando Sabino

literatura contemporanea

Sinopse: O escritor Sílvio Proença precisa embarcar para São Paulo, afim de divulgar seu novo livro. No aeroporto, encontra um grupo de velhos companheiros. Com o embarque cancelado devido à uma forte tempestade, o grupo segue para o apartamento de Marialva, sobrinha de um dos amigos de Proença. Seduzindo pela música e pelos encantos de Marialva, Proença passa a noite ali mesmo, onde desperta no dia seguinte, completamente nu. Ainda zonzo da ressaca, vai apanhar o pão deixado à porta do apartamento; é quando o vento fecha aporta e deixa-o nu do lado de fora.

12. O Sobrado (1956), baseado na obra de Érico Veríssimo

literatura contemporanea

Sinopse: Filme dirigido por Walter George Durst e Cassiano Gabus Mendes e roteiro de Durst, baseado na trilogia O Tempo e o Vento, de Érico Veríssimo. Conta a história do cerco à residência(um sobrado) de um líder político, com conflitos se desenrolando também entre os ocupantes sitiados. As filmagens foram nos Estúdios Vera Cruz em São Bernardo do Campo. Números musicais com canções do folclore gaúcho (“Canção da Esperança”, “Fandango”, “Chula do sobrado” e “Nau da Catarineta”) com acordeão de Rielinho.

13. O Xangô de Baker Street (2001), do livro de Jô Soares

literatura contemporanea

Sinopse: O filme mostra a vinda de Sherlock Holmes e seu inseparável companheiro Dr. Watson ao Rio de Janeiro no século XIX. No Brasil, Holmes e Watson investigam uma série de assassinatos associados àquele que é considerado o primeiro serial killer da história.

14. Sonhos Tropicais (2002), baseado no romance de Moacyr Scliar

literatura contemporanea

Sinopse: No mesmo navio, o sanitarista Oswaldo Cruz, que retorna ao país após anos de estudo na Europa, e Esther, polonesa que veio ao Brasil na promessa de se casar. Cruz logo consegue emprego como médico, enquanto Esther não tem a mesma sorte, logo descobrindo que a proposta de casamento era apenas uma farsa. Cruz começa sua ascensão na medicina local, assumindo o comando do Instituto Soropédico de Manguinhos, onde pesquisa a cura de doenças como apeste e a febre amarela. As medidas de Cruz se mostram eficazes. Até que, na tentativa de extinguir a varíola, propõe que maiores de 6 meses sejam obrigados a se vacinarem e desencadeia a Revolta da Vacina.

15. Um Certo Capitão Rodrigo (1969), da obra de Érico Veríssimo

literatura contemporanea

Sinopse: Rodrigo Cambará é um cavaleiro boêmio e destemido que adentra a pacata cidade de Santa Fé e acaba conquistando os corações das mulheres e a admiração dos homens.

16. Um Copo de Cólera (1998), da obra de Raduan Nassar

literatura contemporanea

Sinopse: Nos arredores de São Paulo, um ex-ativista (Alexandre Borges) constrói em uma chácara um mundo à parte. Após uma noite de amor intenso com uma jornalista politizada (Júlia Lemmertz), todo o clima desaparece quando ele tem um ataque de cólera quando nota que as saúvas fizeram um rombo na sua cerca viva. Este fato, que normalmente não teria maiores consequências, gera inúmeras acusações por ambas as partes.

Larissa Coelho

Larissa Coelho escreveu 3184 artigos

Deixe o seu comentário!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *