Ainda dá tempo de estudar a reforma e contrarreforma da Igreja Católica para arrasar no ENEM!

05/11/2014 Camila Paula

Reforma e Contrarreforma

Você já ouviu falar em reforma e contrarreforma, já ouviu falar dos chamados “protestantes” e o quanto, hoje, essas religiões tem crescido. Mas será que você sabe realmente o que foi isso? Que tal eu te contar uma gotinha, para “reformarmos” tudo o que sabíamos até hoje e descomplicarmos essa super matéria que o ENEM adora? Em primeiro lugar, nós precisamos saber as razões que culminaram nessa reforma. Vamos dar uma listada?

Havia um questionamento quanto:

  • À venda de indulgências (“comércio” da salvação)
  • À cobrança da simonia (objetos sagrados)
  • Possível adoração de imagens
  • Atitude mundana do clero
  • Despreocupação com os problemas do povo

Estude Reforma e Contrarreforma e gabarite o seu ENEM

Com a boca no trombone, Lutero foi o primeiro a chutar o balde e revelar essas incertezas e críticas quanto ao catolicismo. Pela primeira vez desde o Estado Cristão institucionalizado houve um rompimento da unidade da Igreja Cristã. Isso permitiu a criação de outras doutrinas e dogmas religiosos. Essas novidades vocês vão ver aqui embaixo. Fica de olho!

 

Igreja Luterana

Igreja Luterana, criada pro Lutero (faz sentido, né?), teve seu início na Alemanha, que ainda nem estava centralizada (lembra-se das unificações tardias? Tá vendo como tudo faz sentido na história?). Essa Alemanha, ainda no feudalismo, tinha um terço de suas terras nas mãos da Igreja, que via a miséria da população, mas, segundo Lutero, não fazia nada para mudar o cenário. Lutero, então, que era um monge cristão, resolver escrever 95 teses, que pregavam principalmente a salvação apenas pela fé.

Estude Reforma e Contrarreforma e gabarite o seu ENEM

Ele queria o fim das missas em latim, para que toda população pudesse participar, queria livre interpretação da bíblia e não era a favor do Celibato. Em 1520 ele foi excomungado da Igreja Católica e expropriou muitas terras da Igreja.

 

Igreja Calvinista

Estude Reforma e Contrarreforma e gabarite o seu ENEM

A Igreja Calvinista, criada em 1536 por João Calvino (sem criatividade esse povo, né?), tomou posse de manuscritos deixados por um carinha chamo Ulrich, um suíço revolucionário, e iniciou seu percalço. O francês acreditava na doutrina da predestinação, que era a defesa do trabalho e do sucesso pessoal e material como sinais da salvação divina. Ou seja, fortaleceu o capitalismo burguês. Imagina quem gostou disso? Os burgueses, é claro! Eles adotaram essa ideia e aderiram em grande número ao Calvinismo, com suas extensões (Puritanos – Inglaterra / Huguenotes – França / Presbiterianos – Escócia).

 

Igreja Anglicana

Acho que você vai se lembrar do Rei Henrique VIII. Sabia que sim! Esse mesmo, que se casou APENAS seis vezes e rompeu com a Igreja, um cara comum. Esse rei, tão famoso na história, traçou caminhos nunca antes traçados, que foi ser o primeiro rei a romper com a Igreja Católica e criar sua própria religião. Isso mesmo! O Henricão (e suas seis esposas) aí em baixo, da dinastia Tudor, queria se divorciar da sua mulher de número 1, Catarina de Aragão (espanhola), já que esta não lhe dava herdeiros homens (e reza a lenda, que apesar de ser uma rainha ímpar, não era das mais belas, mas isso é fofoca histórica).

Estude Reforma e Contrarreforma e gabarite o seu ENEM

Ele então pede ao papa que lhe conceda o divórcio, mas a gente bem sabe que a Igreja é contra o divórcio sem razões plausíveis e não lhe é concedido o pedido. Ele, boladão com o papa, resolve criar o Ato de Supremacia (1534), no qual o rei era então o líder da Igreja inglesa.

 

Contrarreforma Católica

Estude Reforma e Contrarreforma e gabarite o seu ENEM

A Igreja Católica não curtiu nada esse rebuliço contra seus dogmas, mas sentiu que o povo em muito aderiu às críticas e viu que realmente necessitava de um reparo aqui e outro ali. Então ela resolveu se reformar também, no Concílio de Trento. Lá, houve como preceitos a moralização da Igreja, a reafirmação dos dogmas cristãos, criação dos seminários, fim da venda de indulgências, criação do INDEX, reativação da Santa Inquisição e expansão da fé, com o reconhecimento da companhia de Jesus.

Então, o que achou do resumão de hoje? Deixa seu comentário aí! Beijos históricos!

Camila Paula

Camila Paula escreveu 2657 artigos

2 Comentários para este artigo

  • 06/11/2014

    Como sempre a equipe Descomplica arrasando, o resumo ficou TOP demais. Gostei do Rei Henricão, “boladão com o Papa.” aushauhsuhas

  • Matheus
    18/11/2014

    Excelente!

Deixe o seu comentário!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *