Água: aprenda tudo sobre este recurso cada vez mais escasso!

19/10/2016 Rhanna Leôncio

Descubra tudo sobre água e hidrografia para mandar bem na sua prova de geografia!

agua

Os tipos de escassez de água ao redor do mundo.

A água (H2O) é uma substância líquida, incolor, insípida e inodora imprescindível para a sobrevivência dos seres vivos devido à diversidade de usos atribuídos a ela. Contudo, cabe destacar que este recurso não é inesgotável, muito pelo contrário: a água para o consumo, que não é muito abundante – de toda a água existente no planeta, aproximadamente 97,5% é salgada e apenas 2,5% é de água doce na qual a primeira é inadequada para o consumo devido à salinidade –, vem se tornando cada vez mais escassa.

FIQUE DE OLHO EM NOSSO GABARITO ENEM 2016!

Sobre suas propriedades, é importante saber que a água admite três estados físicos: sólido, líquido ou gasoso. No estado sólido, destacam-se as geleiras das regiões polares; no estado líquido, os rios e lagos; e, no estado gasoso, o ar presente na atmosfera terrestre. A água possui ainda uma dilatação anômala e a capacidade de dissolver um grande número de substâncias.

Apesar da água se renovar através do chamado ciclo hidrológico, ela vem se tornando escassa, pois ocorre um desequilíbrio entre a demanda – o uso da água – e a oferta – a disponibilidade de água. Este desequilíbrio é chamado de estresse hídrico.

Neste sentido, cabe salientar que esta discussão envolve questões políticas, sociais e ambientais, tornando este um assunto importante no qual se destacam dois pontos: a água está se tornando escassa pois encontra-se cada vez mais poluída, comprometendo a sua qualidade; e o fato de que ela se tornou um recurso comercializável, ou seja, nem todos têm acesso.

Os principais usos da água

agua

Mar de Aral na Ásia Central, considerado uma das maiores catástrofes provocadas pelo homem devido à retirada de água para a irrigação de cultivos agrícolas.

Ao redor do mundo, podem ser identificados os mais diversificados usos para a água: recreação, navegação, uso agrícola, abastecimento doméstico, geração de energia, uso industrial, pesca e aquicultura e outros. Porém, o maior gasto de água é sem dúvidas na agricultura.

Na agricultura, a utilização da água é fundamental, pois é necessária para o gado e para a irrigação do solo, por exemplo. Porém, o uso indiscriminado deste recurso, a partir da utilização de técnicas que usam largamente a água, vem se tornando uma preocupação, pois esta água, na maioria das vezes, não pode ser reutilizada, já que foi consumida pelo gado ou está contaminada com agrotóxicos e fertilizantes.

Em segundo lugar, encontra-se a atividade industrial, que se utiliza deste recurso em seus processos de produção, como, por exemplo, em resfriamento de máquinas e equipamentos.

Em terceiro lugar, encontra-se o uso doméstico, que demanda a utilização de água nas atividades cotidianas como, por exemplo, limpeza de casa, higiene pessoal, preparo da alimentação, entre outros. Aqui, ocorre o despejo inadequado da água já utilizada, o que dá origem à, por exemplo, o despejo de esgoto “in natura” nos rios e em mananciais de água potável.

Neste sentido, o ciclo de contaminação da água só tende a continuar a crescer porque, com a população em crescimento, esta acaba por se alocar nos poucos espaços que ainda existem nas grandes cidades – em sua maioria, áreas irregulares, como, por exemplo, próximas a rios, onde o esgoto é despejado; além disso, a agricultura para atender a demanda por alimentação produz mais e mais, demandando mais água, assim como a indústria visando o mercado consumidor crescente.

A alternativa para que este quadro seja revertido é a adoção de novas posturas tanto pela sociedade quanto pelos agentes planejadores, que podem determinar os parâmetros de uso da água para as indústrias e para a agricultura.

Conflitos pelo uso da água

agua

Desenho que faz referência à seca no Nordeste.

O número de conflitos pela água vem crescendo largamente, originando assim tensões geopolíticas e sociais em torno do domínio deste recurso estratégico. No século XXI, as disputas por este recurso se tornaram mais visíveis, já que envolvem a posse de territórios próximos às nascentes de rios. Um exemplo disso foi o número recorde de 127 conflitos pela água no Brasil em 2014, a maioria concentrados nas regiões Norte e Nordeste do país, segundo dados da CPT (Comissão Pastoral da Terra).

Os conflitos pelo acesso à água podem ser observados nas mais diversas partes do mundo, seja no Oriente Médio – onde predomina o clima árido, de forma que a água é escassa, tornando-a alvo de disputa geopolítica, a exemplo do conflito entre Líbano, Síria e Jordânia pelo domínio da Bacia do Rio Jordão – ou no Nordeste brasileiro – onde coronéis constroem cercas impedindo o livre acesso da população a rios, ou se apropriam de açudes públicos, por exemplo.

Um outro caso de disputa pelo acesso à água no Brasil é em torno da construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, no estado do Pará. A discussão sobre este projeto gira em torno de um embate entre qual demanda deve ser atendida – a de produção de energia ou de abastecimento das comunidades indígenas.

Na Assembleia geral da ONU no ano de 2010, o saneamento básico e o acesso à água potável foram considerados um direito humano básico de todo indivíduo; contudo, ainda hoje, esta realidade não é observada. Portanto, faz-se necessário uma articulação internacional e interna nos países para que no futuro estes conflitos sejam extinguidos a partir de uma melhor distribuição deste recurso.

Formas de uso racional da água

agua

Lavagem de automóveis com baldes de água é uma forma eficaz de se evitar o desperdício.

Se, inicialmente, acreditava-se que a água era um recurso que nunca iria se esgotar, ao verificar-se o mau planejamento, o crescimento urbano desordenado, a poluição dos rios e outras constatações, a preocupação com a disponibilidade desse recurso se tornou frequente.

Com isso o gerenciamento racional dos recursos hídricos, visando o fim do desperdício, se torna imprescindível, cabendo à sociedade como um todo. Neste sentido, destacam-se algumas ações cotidianas que representam um uso racional da água:

  • A lavagem de carros e calçadas com baldes de água e não com mangueiras;
  • Ao escovar os dentes ou se ensaboar no banho, fechar a torneira;
  • Banhos mais curtos;
  • Conserto de torneiras que pingam;
  • Utilizar a máquina de lavar roupas apenas na capacidade total, reduzindo assim o número de vezes em que ela será utilizada;
  • Reaproveitar a água do enxágue da máquina de lavar para lavar carros, calçadas, quintal ou outros;
  • Regar as plantas pela manhã ou à noite evitando assim a evaporação;
  • Usar a descarga do banheiro somente quando necessário;
  • Retirar todo restante de alimento da louça antes de lavá-la;
  • Na limpeza de casa, utilizar vassoura e pano.

Exercícios

1. (Unicamp – adaptada) Atualmente, na superfície terrestre, muitos corpos líquidos apresentam um grau extremamente elevado de poluição. Sobre este assunto assinale a opção incorreta:

a) a poluição dos corpos líquidos decorre da adição de substâncias que, direta ou indiretamente, alteram as características químicas ou físicas da água, de maneira que a utilização dessa seja prejudicada para usos benéficos;

b) a poluição difusa se dá quando os poluentes atingem o corpo d’água de modo aleatório, não havendo possibilidade de estabelecer qualquer padrão de lançamento;

c) os poluentes biodegradáveis são produtos químicos que se mantêm por longo tempo nos rios, riachos e lagos e também nos seres vivos; um desses poluentes é o mercúrio;

d) os rios e riachos podem, também, ser afetados por uma poluição biogênica, ou seja, por organismos patogênicos, a exemplo de vírus, protozoários e bactérias, com repercussões negativas para a sociedade.

2. (FUVEST) Grandes lagos artificiais de barragens, como o Nasser, no Rio Nilo, o Three Gorges, na China, e o de Itaipu, no Brasil, resultantes do represamento de rios, estão entre as obras de engenharia espalhadas pelo mundo,com importantes efeitos socioambientais. Acerca dos efeitos socioambientais de grandes lagos de barragens, considere as afirmações abaixo.

I. Enquanto no passado, grandes lagos de barragem restringiam-se a áreas de planície, atualmente, graças aos progressos tecnológicos, situam-se, invariavelmente, em regiões planálticas, com significativos desníveis topográficos.

II. A abertura das comportas que represam as águas dos lagos de barragens impede a ocorrência de processos de sedimentação, assim como provoca grandes enchentes a montante.

III. Frequentes desalojamentos de pessoas para a implantação de lagos de barragens levaram ao surgimento, no Brasil, do Movimento dos Atingidos por Barragens – MAB.

IV. Por se constituírem como extensos e, muitas vezes, profundos reservatórios de água, grandes lagos de barragens provocam alterações microclimáticas nas suas proximidades.

Está correto o que se afirma em:

a) I e II,apenas.

b) I, II e III, apenas.

c) II, III e IV,apenas.

d) III e IV, apenas.

e) I, II, III e IV.

3. (UPE) A água é uma condição básica para a vida no planeta Terra. Mantém a biodiversidade e impulsiona os ciclos biogeoquímicos, por exemplo. Como tem, também, importância para a economia dos continentes, ela precisa ser melhor gerenciada. Sobre os problemas referentes aos recursos hídricos em escala global, analise os itens a seguir:

1- Esses problemas podem ser muito bem sintetizados no conjunto de situações que resultam do crescimento populacional, da intensa urbanização e da contaminação de recursos hídricos superficiais e subterrâneos.

2- O aumento da população e a urbanização provocam uma intensa pressão de usos múltiplos dos recursos hídricos e impactos na qualidade da água.

3- A infraestrutura de baixa qualidade ou incompleta ocasiona distribuição ineficiente da água tratada e perdas de boa parte dela.

4- É necessário ampliar, em escala global, a mobilização pública no processo de decisão e desenvolver a capacidade de informação eficiente para melhorar a educação relacionada à água.

5- Todos os processos relativos à água estão inter-relacionados, são de natureza complexa, dinâmicos e demandam conhecimento multidisciplinar.

Estão CORRETOS:

a) apenas 1 e 4.

b) apenas 2 e 5.

c) apenas 1, 2 e 3.

d) apenas 2, 4 e 5.

e) 1, 2, 3, 4 e 5.

 

Gabarito

1. D

2. D

3. E

Rhanna Leôncio

Rhanna Leôncio escreveu 48 artigos

Deixe o seu comentário!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *