Como o Marcos, a Vó Silvina e um carrinho de madeira te ajudam a entender a Física

13/10/2014 Camila Paula

Esses dias eu estava navegando nesse mundo da internet, quando me deparei com um dos vídeos, na minha opinião, mais engraçados do momento. Percebi que podia aprender muito sobre a tão adorada Física – depois de rir um pouco, claro.


O vídeo ao qual me refiro é o taca-le pau Marcos, no qual o Marcos, filmado por seu primo, desce o morro que tem na propriedade de sua avó, a famosa vó Sovelina, em um carrinho de madeira. Sim, é bem engraçado e tem tudo a ver com física. Se não viu ainda, vá ver para rir um pouco! Com o ENEM pertinho, é sempre bom descontrair um pouco para não pirar. Melhor ainda é você rir e ler o texto para aprender se divertindo e, depois, gabaritar as questões da prova!

No vídeo, Marcos se posiciona no início da ladeira, com seu carrinho, e começa a descê-la. Seu primo Leandro fica gritando para que Marcos acelere e ganhe mais velocidade. Vamos pensar agora no que faz o carrinho ganhar velocidade e descer a ladeira?

Vamos imaginar o morro da vó Sovelina como um plano inclinado, e o Marcos e seu carrinho como um corpo só, assim fica mais fácil entendermos a física por trás desse evento.

 fis-1

Olhando para a figura, vemos um monte de forças traçadas, certo? Vamos ver o que cada uma representa:

  • Fat = Força de atrito
    Força de interação entre o corpo e a superfície na qual o corpo está.

 

  • Fn= Força normal
    Força de contato que a superfície faz no corpo, é sempre perpendicular à superfície.

 

  • P = Força peso
    Força que a Terra faz no corpo, é sempre perpendicular à superfície da Terra.

 

Só que precisamos decompor a força peso:

 

  • Px e Py -> São componentes da força peso, é a força peso decomposta no eixo correspondente à superfície.

Px = P*sen(ϴ)

Py = P*cos(ϴ)

 

Temos que decompor a força peso em uma componente horizontal e vertical porque só podemos somar forças que estão na mesma direção. Às vezes precisamos decompor algumas para obedecer a essa regra.

 

Relembrando as Leis de Newton: se um corpo está se movendo com uma aceleração, está aumentando sua velocidade. Temos uma força resultante apontando para o mesmo sentido da velocidade do corpo; se o corpo está descendo, então temos uma força resultante apontando para baixo.

Força resultante é o somatório de todas as forças que estão na mesma direção (só podemos somar forças que possuem a mesma direção). Logo, já sabemos que a resultante no caso do Marcos é na horizontal e para baixo, já que ele está descendo a ladeira. Usando esse modelo simplificado da situação do vídeo, a resultante do sistema carro + Marcos é:

Px – Fat= ma
m= massa do sistema
a = aceleração

Assim, temos que falar para o Leandro, o primo, que não vai adiantar ficar gritando para o Marcos “tacar pau” (aumentar a velocidade) no carrinho. Para ele conseguir ir mais rápido, precisaria aumentar a inclinação do morro da Vó Sovelina.

Agora, pessoal, “taca-le pau” nesses estudos! O ENEM já está chegando!

 

E para quem não viu o vídeo:

Camila Paula

Camila Paula escreveu 2657 artigos

3 Comentários para este artigo

  • luanapolomaneii
    15/10/2014

    Muito legal ! Deu para pegar essa decomposição de forças que eu confundo.
    Valeu =D

  • Andressa
    15/10/2014

    Muito bom!! Deu pra lembrar de vários conceitos importantes!! =)

Deixe o seu comentário!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *