Questões Comentadas: Moral e Ética

03/06/2016 Leidiane Oliveira

Leia o resumo “Quais são as definições de moral e ética?” e resolva os exercícios abaixo.

1. (Leopoldino Rocha) O sujeito ético-moral é somente aquele que preencher os seguintes requisitos:

a) ser consciente de si, mas não precisa reconhecer a existência dos outros como sujeitos éticos iguais a si.

b) saber o que faz, conhecer as causas e os fins de sua ação, o significado de suas intenções e de suas atitudes e a essência dos valores morais.

c) não precisa controlar interiormente seus impulsos, suas inclinações e suas paixões, deixando-as fluir livremente

d) dizer o que as coisas são, como são e por que são. Enunciar, pois, juízos de fato

e) ser responsável, mas não precisa reconhecer-se como autor da sua própria ação nem avaliar os efeitos e as consequências dela sobre si e sobre os outros

 

2. (ENEM 2011) O brasileiro tem noção clara dos comportamentos éticos e morais adequados, mas vive sob o espectro da corrupção, revela pesquisa. Se o país fosse resultado dos padrões morais que as pessoas dizem aprovar, pareceria mais com a Escandinávia do que com Bruzundanga (corrompida nação fictícia de Lima Barreto).

O distanciamento entre “reconhecer” e “cumprir” efetivamente o que é moral constitui uma ambiguidade inerente ao humano, porque as normas morais são

a) decorrentes da vontade divina e, por esse motivo, utópicas.

b) parâmetros idealizados, cujo cumprimento é destituído de obrigação.

c) amplas e vão além da capacidade de o indivíduo conseguir cumpri-las integralmente.

d) criadas pelo homem, que concede a si mesmo a lei à qual deve se submeter

e) cumpridas por aqueles que se dedicam inteiramente a observar as normas jurídicas.

 

3. (Leopoldino Rocha) Um dos problemas centrais da Ética como disciplina filosófica é a fundamentação da moral. Sobre essa questão, marque a alternativa FALSA.

a) “As teorias éticas são, ao final das contas, esforços de investigação da possibilidade de fundamentação da moral, e em que medida disso ela é tal, ou seja, apontar uma forma racional, dar razões para a moralidade. Entretanto, isso não significa dizer que toda teoria ética aponte a razão como fundamento da moralidade”.

b) “O cientificismo não recusa uma fundamentação racional para a moral, pois prescreve que não há uma separação entre fatos e valores. A neutralidade axiológica própria da ciência, conforme Max Weber, permite que os valores possam ser captados na sua objetividade”.

c) “Na perspectiva do racionalismo crítico de K. Popper e H. Albert, qualquer esforço de fundamentação última da ética vai fracassar porque termina por cair no Trilema de Münchaussen (Regresso infinito, Círculo lógico e Decisionismo). Para eles, essa impossibilidade da fundamentação última da moral faz com que esta seja, ao final, ancorada no dogmatismo que encobre a decisão de colocar um princípio arquimédico imune a toda crítica”.

d) “O pensamento débil ou pós-moderno rejeita a possibilidade de fundamentar a moral porque considera que a tradição filosófica foi vítima de um engano centrado na epistemologia. Não é possível uma razão totalizante, que forneça uma metanarrativa que integre os diversos aspectos do real. A razão é frágil, débil, própria da finitude de nossa condição. Valores éticos universais são formas de mascaramento da vontade de poder totalizante”.

e) “O etnocentrismo ético defende que só podemos justificar uma decisão moral para aqueles que compartilham uma determinada forma de vida, porque só eles podem nos entender. Além disso, a objetividade da moral como uma verdade universal acima das contingências históricas e geográficas é uma forma de encantamento que dificulta o consenso social de nossas sociedades democratas liberais”.

 

Gabarito

1. B
Resolução passo-a-passo:
a) Essa alternativa está errada, porque o sujeito moral precisa ter consciência de tudo que o cerca.
b) Essa alternativa responde perfeitamente à questão. O sujeito moral é aquele que vive em plena consonância com sua cultura, com seus objetivos e com os outros.
c) O agir moral é o resultado de um acordo comunitário, por isso o homem precisa conter suas paixões para que possa exercitá-lo.
d) O sujeito moral precisar ter disposição para alterar a realidade através de seus atos.
e) O sujeito moral deve responsabilizar-se inteiramente pelo que faz e abraçar as implicações de seus atos totalmente.

 

2. D

Resolução passo-a-passo:
a) As normas morais são fruto do pensamento de cada comunidade.
b) A moral é um padrão de conduta coletiva que deve existir na teoria e na prática.
c) As normas morais têm um caráter restritivo, uma vez que funcionam como um conjunto de regras.
d) as normas morais foram criadas pelos homens e todos devem submeter-se a elas para que possam ter uma convivência equilibrada.
e) O cumprimento das normas morais é um dever de todos.

 

3.B
Resolução passo-a-passo:
a) Embora a ética seja conhecida como filosofia da prática, ela não visa formular leis, mas analisar o agir moral.
b) A ética apenas estuda os sistemas morais, por isso ela não é normativa, mas teórica.
c) A tarefa última da ética é esclarecer reflexivamente a moral.
d) A ética, assim como os demais campos da filosofia, não tem a finalidade de fazer um estudo neutro dos sistemas morais, pelo contrário: ela tende a criticá-los, mas mesmo assim não é sua responsabilidade eleger o melhor.
e) A metaética analisa a ética em seu aspecto linguístico.


Banner Enem 2018

Leidiane Oliveira

Leidiane Oliveira escreveu 19 artigos

Deixe o seu comentário!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *