• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

USP não preenche 45,3% das vagas oferecidas pelo Enem

No seu primeiro ano de participação no Enem, a Universidade de São Paulo (USP) não preencheu 45,3% das vagas oferecidas através do Enem.

mestrado-engenharia-usp

Apenas 54,7% das vagas oferecidas pela USP através do Enem foram preenchidas no primeiro ano de participação da universidade no Exame. Das 1489 vagas no Sisu 2016, 675 não foram preenchidas e foram remanejadas para as chamadas da Fuvest.

CALCULE SEU RESULTADO NO SISU 2017 CLICANDO AQUI!

Entretanto, o pró-reitor da USP, Antonio Carlos Hernandes, classificou essa primeira tentativa como bem-sucedida. “A avaliação é muito positiva, o que levou a Pró-Reitoria de Graduação a incentivar o ingresso de mais unidades no processo de 2017 e o aumento no número de vagas destinadas exclusivamente ao Sisu”, disse.

Para o Sisu 2016, a USP estabeleceu uma nota mínima de 700 pontos na redação e em todas as provas (ciências da natureza, ciências humanas, linguagens e matemática) para os cursos de Engenharia Agronômica, Engenharia Florestal, Gestão Ambiental, Administração, Odontologia, Química, Medicina Veterinária e Zootecnia. Outras carreiras também adotaram notas mínimas. Já alguns dos cursos mais concorridos, como medicina e audiovisual, ficaram de fora do Enem.

Para o Sisu 2017, o número de vagas da USP disponíveis pelo Sisu cresceu 57%, e a quantidade de vagas disponíveis para a cota racial cresceu 376%. Neste ano, serão 2338 vagas, das quais 597 são de ampla concorrência, 1155 são destinadas para alunos que tenham cursado o ensino médio em escolas públicas e 586 são para candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas.