• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

O que você tem a ver com essa tal consulta pública sobre o Enem?

consulta-enem

Eita, quantas novidades para uma inocente quarta-feira, não é mesmo? As notas do Enem 2016 foram divulgadas, as datas do Sisu 2017.1 também foram liberadas, o MEC (Ministério da Educação) deu uma coletiva de imprensa reportando alguns dados bem interessantes sobre o exame do ano passado, é possível simular o seu resultado no SISU antes mesmo dele abrir… e também estão falando muito sobre essa tal consulta pública sobre o Enem. Mas WTF é essa consulta, gente?

Nada muito difícil, pode ficar tranquilão! A consulta pública nada mais é do que uma pesquisa que o MEC quer fazer para decidir algumas coisinhas sobre as novas regras do Enem. E é por isso que você tem tudo a ver com ela.

 

Mas de onde veio essa ideia de novas regras para o Enem?

A real é que o governo quer economizar com a aplicação do exame (sabia que a previsão de gastos com o Enem 2016 foi de R$788 bilhões de reais?) e aí nessa quarta, 18, lançaram uma consulta para você, mamãe, papai, titia e vovô opinarem sobre o que deve mudar ou não no Enem.

Entre algumas das decisões que já foram tomadas está a de que o Enem não certificará mais a conclusão do Ensino Médio. A partir deste ano, quem quiser tirar diploma sem ter finalizado o 3º ano terá que fazer o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

Consulta pública quer opinião da galera sobre possíveis mudanças no Enem (Fonte: G1)

Consulta pública quer opinião da galera sobre possíveis mudanças no Enem (Fonte: G1)

 

Quais são as mudanças que estão querendo fazer no Enem 2017?

Vamos dar uma resumida para você, mas isso não quer dizer que você não deve opinar sobre o assunto não, hein? Ao contrário: é bem importante que você, vestibulando, faça valer a sua voz sobre uma parada tão importante quanto o Exame Nacional do Ensino Médio. Afnal, ele é a porta de entrada para as universidades públicas do país (como vocês devem estar carecas de saber).

Acesse aqui a consulta pública, preencha com seu e-mail, nome, CPF e se faça ouvir! 🙂

 

1. Aplicação da prova em um único dia

Uma das mudanças sugeridas é que o Enem pare de ser aplicado em um sábado e em um domingo e passe a ser aplicado em único dia. Calma, antes que você morra do coração pensando que terá que resolver 180 questões em um dia só, saiba que, por conta disso, o número de questões também diminuirá.

Sabe o que a gente falou ali em cima sobre economizar na aplicação da prova? Pois é, essa medida diminui, com certeza, a bufunfa envolvida na aplicação do Exame. Isso também pode trazer preocupações do tipo “Ai, gente, mas e a qualidade do exame, será que continuará a mesma?”. E para isso, o Ministério já soltou nota: segundo pesquisas realizadas com técnicos e especialistas, o Enem continuará com a mesmo nível de avaliação.

 

2. Já pensou em fazer o Enem através de um computador?

É isso aí: a segunda questão da consulta pública diz respeito à aplicação da prova através de computadores. Mas o MEC já adiantou também que, mesmo que essa seja uma opção bem vista pela galera que votou, ela não acontecerá antes de 2018. É preciso tempo para organizar a parada toda e, ainda mais importante, manter a segurança do Exame na interwebz.

 

3. Redação livre

A terceira questão da consulta deixa um espaço em branco para que você vá lá e pinte o sete, dando sugestões para que o Enem fique cada vez mais top. A famosa redação livre… mas sobre melhorias no exame, rs. É a hora de você botar para fora tudo o que está no seu coraçãozinho.

E ainda falando sobre redação, é bom avisar: a redação real do Enem, aquela que você tem que redigir no formato dissertativo-argumentativo e respeitando os direitos humanos, não vai ser eliminada do exame. Os boatos que estão rolando nas redes sociais sobre esse assunto não são mais do que isso mesmo, galera: b-o-a-t-o-s. Segundo o próprio ministro da educação, não existe a menooor possibilidade da redação ser excluída do Enem. Ufa!

E aí, o que você achou de tudo isso? O que acha das mudanças propostas? Quais as suas sugestões para deixar o Enem cada vez melhor? Conta pra gente aqui nos comentário. E NÃO DEIXE DE RESPONDER A CONSULTA, HEIN? Estamos de olho. 😉