• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Esta dúvida poder ser sua: Originalidade da Redação

Na última aula ao vivo de Redação, sobre Originalidade da Redação, o professor Rafael Cunha respondeu às perguntas mais frequentes, feitas pelos alunos, sobre o tema – e que dizem respeito aos principais tópicos abordados em aula. Aproveite para revisar pontos importantes sobre a matéria!

 

TEMA: Originalidade na redação

 

1. Como consigo fugir do “lugar comum” ao escrever minha redação?

O aluno deve fugir do senso comum ao escrever seu texto. Isso é feito quando se consegue dizer com outras palavras aquilo que já é dito e conhecido por todos. Ou seja: “O mais importante não é o que dizer, mas como dizer!”

 

2. Muitas bancas costumam utilizar provérbios e ditados populares em suas coletâneas. Eu posso usar na minha redação?

Como estamos falando em “fugir do senso comum” para impressionar a banca e garantir nota máxima, é preferível que não sejam utilizadas frases clichês, provérbios e ditados populares.Na realidade, se você “alterar” a frase original mostrando que soube brincar com as ideias para explicitar seu ponto de vista, isso pode ser muito bem visto pelos corretores !

 

3. Posso utilizar músicas e obras literárias na minha redação?

Sim! Pode e deve! Esse recurso é muito importante para garantir a interdisciplinaridade e até a intertextualidade, o que é muito bem visto pela banca examinadora.Contudo, lembre-se, quanto mais você citar ideias, autores e músicas extremamente conhecidas, isso pode não impressionar tanto. Uma dica é tentar fazer referências às ideias e autores da literatura clássica e aos filósofos, já que esses tipos de citação podem agradar mais a banca – que é constituída de professores formados em Letras.

 

Confira as explicações no quadro! Clique nas imagens para melhor leitura.

unnamed unnamed (1) unnamed (2) unnamed (3) unnamed (4) unnamed (5)

E aí, ficou com mais alguma dúvida? Conte nos comentários!