Valor semântico dos conectivos

Questões sobre o valor semântico dos conectivos são muito comuns nos Vestibulares. Muita gente acredita que decorar a lista dos diferentes tipos de conjunções é suficiente para resolver tais questões. Entretanto, não é bem assim que as coisas funcionam, pois na Língua tudo depende do contexto. Assim, um mesmo conectivo pode apresentar diferentes significados, dependendo do contexto em que está inserido.

Neste post, vamos analisar os diferentes valores semânticos do conectivo “como”

  1. 1. Tradicionalmente, o conectivo “como” expressa comparação

Ex: Márcio é esperto como uma raposa. (Márcio é esperto igual a uma raposa)

O conectivo une dois termos, estabelecendo uma comparação entre eles.

2. O “como” pode também expressar causa. Nesse caso, ele aparece no início da frase.

Ex: Como estudou bastante, tirou A na UERJ. (Tirou A na UERJ porque estudou bastante.)

3. Conformidade é outro valor semântico que pode ser expresso pelo conectivo “como”.

Ex: Luana seguiu o cronograma de estudo como o professor orientou. (Luana seguiu o cronograma de estudo conforme o professor orientou)

Até a próxima, pessoal!

Continue estudando
Post do blog

Frase, oração e período

Neste resumo, falaremos sobre três conceitos essenciais: frase, oração e período. Contudo, por mais que sejam simples, sempre pode haver dúvidas em relação a eles, não é mesmo? Para que não haja, vamos explorá-los um pouco!
artigo
Post do blog

Mapa Mental: Período Composto

Não aguenta mais ficar perdido em português? Calma! Este mapa mental sobre período composto vai te ajudar a gabaritar sua prova 🙂
artigo