Tipos de Argumentação II

Olá!

E aí, vocês têm treinado os tipos de argumentação? No último post, falamos sobre argumentos por análise de causas, argumentos de autoridade e argumentos por exemplificação, vocês se lembram? Hoje volto com as últimas dicas de estratégias para deixar seu desenvolvimento bastante convincente. Vamos lá?

Argumento por Raciocínios Lógicos – Esse é um tipo bastante refinado de argumentação. O candidato faz uso de um dos três raciocínios lógicos mais comuns em dissertações para comprovar sua tese: a dedução, a indução e a dialética. Em uma oportunidade futura, falaremos com calma sobre cada um desses tipos. É necessário bastante conhecimento sobre cada um deles para que sejam usados de maneira eficiente.

Argumento com provas concretas – Um tipo muito eficaz de argumentação é este: fazer uso de dados estatísticos, leis e até definições de dicionário para corroborar com a tese do candidato. Agora, cuidado: essas definições devem ser exatas! Muitas vezes elas aparecem na coletânea de textos e o candidato pode fazer uso delas livremente, sem copiar os textos de apoio. Só não vale “chutar” definições e porcentagens, ok?

Lembrem-se sempre de que redação é TREINAMENTO! Por isso, experimentem usar essas estratégias em textos dissertativos para descobrir qual delas se adequa mais ao caráter argumentativo de cada um, ok?

Até a próxima!

Continue estudando
artigo
Post do blog

11 Citações Filosóficas Para Usar na Sua Redação

Separamos 11 citações filosóficas sobre diferentes temas para que você possa arrebentar na hora de fazer uma redação no vestibular, acompanhe abaixo:
artigo
Post do blog

Questões comentadas: texto argumentativo

Exercícios