Reforma Anglicana

Fala, galera do Descomplica!

Segundo alguns teólogos o Anglicanismo se constitui na “via média”, ou seja, em uma mescla, em termos de liturgia e preceitos, entre o Catolicismo e o Calvinismo. Por exemplo, mantém a hierarquia eclesiástica do primeiro, no entanto, permitia que os clérigos pudessem contrair matrimônio.

A ruptura da monarquia inglesa com a Igreja Católica ocorreu através do Ato de Supremacia (1534). Um documento do parlamento ao rei declara que ele é “o único chefe supremo na Terra da Igreja na Inglaterra” e que a Coroa inglesa goza “todas as honras, dignidades, proeminências, jurisdições, privilégios, autoridades, imunidades, lucros, e comodidades para a referida dignidade”.

Durante muito tempo acreditou-se que o embate entre Henrique VIII e o papa Clemente VII, deu-se pelo fato do papa negar a anulação do casamento entre o rei e Catarina de Aragão.

Contudo, uma historiografia mais recente apresenta o desejo centralizador de Henrique VIII, que necessitava de terras para unir os nobres em torno de si, desse modo, as terras da Igreja seria de grande valia para o seu projeto centralista.

Abraços!

Continue estudando
Post do blog

Você sabe como surgiu o feudalismo?  

Descubra como surgiu o feudalismo com este resumo que vai tirar todas as suas dúvidas para a aula de história!
artigo
Post do blog

Reforma protestante e a Contra-Reforma (XVI)

Sejam bem vindos ao século XVI (1501-1600), período amplamente dominado pelo poder da Igreja Católica na Europa. As doutrinas e as decisões provenientes de Roma determinavam como as pessoas deveriam viver, em que acreditar, além de conferir legitimidade ao poder dos monarcas. Isso quer dizer que a Igreja (Católica) dominava quase todos os aspectos da vida no mundo ocidental europeu. Pois bem, acontece que isso não iria durar por muito tempo. No início dos anos 1500’s começaram a surgir diversos questionamentos sobre as crenças e práticas  endossados pelo Papa, terminando por romper a hegemonia da Igreja Católica. Desses movimentos, conhecidos conjuntamente como Reforma protestante, surgiram novas religiões como o Luteranismo, Calvinismo e Anglicanismo.
artigo