Redação sobre vestibular

Pessoal, uma redação pronta, de formato dissertativo, sobre o tema “O vestibular deve acabar?”, quase um clássico das procuras na internet.

Atenção às tentativas de fugir do padrão e ao teor argumentativo, que dão ao texto uma ótima dinâmica. Só não vale copiar e entregar na escola, hein? =)

Tema: “O vestibular deve acabar?”

O “x” em questão

Lápis, borracha e caneta a postos. Preparar, apontar, começou!” – pode até parecer estranho, mas é assim que se encontra a mente de um jovem nos momentos que precedem o início de cada dia de prova do temido vestibular. Mais do que uma simples avaliação, esse sistema se assemelha a uma maratona na qual os “participantes”, injustamente, são submetidos a testes cansativos e equivocadamente seletivos.

É possível que uma bateria de provas possa vir a determinar os rumos da vida de um ser humano? Exagero ou não, esta indagação é pertinente quando se atribui valores tão altos àquele que deveria ser o maior aliado na escolha para o futuro profissional da juventude moderna: o vestibular. Tal procedimento, paradoxalmente, funciona como alicerce para a seleção de indivíduos tidos como aptos por meio do uso de testes nem sempre tão justos, posto que analisam características não muito determinantes para que uma pessoa venha a ser bem sucedida na carreira pretendida, ao invés de darem ênfase a assuntos que possuam maior relação com a mesma ou à averiguação da habilidade do candidato para a área escolhida.

Absurdamente exaustivo. Tal denominação serve como uma forma ampla e plenamente decisiva para o que constitui o vestibular no que tange ao aspecto psicológico. Isso acontece pois o candidato é submetido a uma seqüência desumana de provas cujo conteúdo abrange toda a matéria dada durante os três anos do ensino médio,  tornando-se, assim, um sistema elitista – já que favorece àqueles que tiveram condições de desfrutar de uma superior educação escolar – , além de atuar na inadequadamente no processo de formação do jovem, acentuando-lhe cobranças e responsabilidades que se encontram além das indicadas para o mesmo. Com isso, tornam-se comuns o surgimento e a permanência de casos de estresse, depressão e ansiedade em meio aos ditos “vestibulandos”, debilitando o estado emocional de indivíduos que já encontram-se em uma fase deveras conturbada: a adolescência.

Urge, portanto, a extinção desse sistema que, indubitavelmente, funciona apenas como um meio de manutenção da política aristocrata que há anos persiste no Brasil, visto que uma minoria proveniente das classes média e alta podem investir adequadamente na própria educação. Cria-se, então, um impasse, em que a ausência de interesse e, principalmente, de bom senso daqueles que se encontram dominando o país contrapõe-se às soluções plausíveis para que possa obter-se um quadro educacional irrestrito e que proporcione a todos este direito imprescindível prescrito por lei.

Continue estudando
Post do blog

Modelo de Redação: A violência escolar no Brasil

Modelo de Redação: A violência escolar no Brasil
artigo
Post do blog

Modelo de Redação: O suicídio entre os jovens brasileiros – Como enfrentar esse problema?

Modelo de Redação: O suicídio entre os jovens brasileiros – Como enfrentar esse problema?
artigo