REDAÇÃO PRONTA – ENEM 2006

Olá!

Estou trazendo pra vocês uma redação nota 10 sobre o tema de 2006 do ENEM: O Poder de Transformação da Leitura. Fiquem ligados, pois no próximo post trarei uma análise detalhada desse texto!

PODER VITALÍCIO

O químico francês Antoine Lavoisier, que primeiro enunciou o princípio da conservação da matéria, tornou imortal o pensamento de que na natureza nada se perde e nada se cria, tudo se transforma. Se estamos, então, sempre transformando o que já existe, nos cabe fazê-lo da melhor maneira possível. A leitura pode ocasionar profundas transformações nas vidas daqueles que já possuem a capacidade de raciocínio: os seres humanos. É surpreendente o alcance que este simples e ancestral hábito pode ter.

Em um primeiro momento, podemos apontar a transformação pessoal que o costume de ler pode ocasionar. Usando a leitura como entretenimento, o indivíduo pode usufruir de momentos de abstração, e até mesmo fuga momentânea da realidade circundante para uma outra, ficcional, o que pode ser saudável. Para os que o condenam como um hábito solitário, há inúmeros grupos de estudo em torno de livros, que demonstram que essa pode ser uma prática social. Hoje, existem várias maneiras de se praticar este ato, e blogs, sites de revistas e de jornais afirmam a Internet como eficiente meio pós-moderno de leitura.

Além disso, é possível estabelecer, também, a possibilidade de transformação social. Se a informação é a chave para o conhecimento, a leitura de obras e autores internacionais proporciona o entendimento de culturas e povos diversos. Da mesma maneira, a literatura de outros tempos ensina ao homem o seu passado, possibilitando maior compreensão do presente. Isso pode aumentar a aceitação das diferenças, o respeito pelo outro, e o discernimento para mudar o que há de errado no momento atual. Se mais autores brasileiros fossem publicados no exterior, poderíamos ser vistos como referência de boa literatura, e não conhecidos somente como o país do carnaval e do futebol.

Por fim, é possível pensar em um efeito mais amplo de transformação política. Sabendo que a leitura aumenta a aptidão cognitiva do indivíduo, e que cada leitor tem sua maneira de perceber e atribuir significado ao que lê, isso pode catapultar a capacidade argumentativa do cidadão. Considerando que vivemos em uma sociedade profundamente influenciada pela mídia de massa, que divulga informações prontas e superficiais, o habito de ler pode levar à reflexão. Pessoas que discutem problemáticas sociais, que sabem de seus direitos e deveres, podem não só votar com mais consciência, como cobrar dos Governantes que as leis sejam cumpridas, para o bem de todos.

Dessa maneira, para usarmos os conhecimentos de Lavoisier, e fazer com que o já existente e importante hábito da leitura não se perca, mas se transforme em bem permanente, a sociedade precisa de unir como um todo. Pais devem, junto a escolas, incentivar o costume nas crianças. Se livros são considerados caros, há maneiras de se diminuir o custo de produção dos mesmos, como papéis reciclados. Além disso, as comunidades de cada bairro, de cada cidade, devem se unir para edificarem bibliotecas públicas, por meio de doações de obras, e com computadores para o acesso à leitura também pelos meios mais modernos. O poder de transformação da leitura não é pontual, limitado, e não se perde. É vitalício.

Continue estudando
artigo
Post do blog

11 propostas de intervenção para 11 possíveis temas de redação do Enem

artigo
Post do blog

Redação Pronta - Enem 2010

ENEM 2010: O Trabalho na Construção da Dignidade Humana