Redação Pronta - Enem 2010

ENEM 2010: O Trabalho na Construção da Dignidade Humana

Olá, galera, como estão?

Aqui vai uma redação pronta com o tema do ENEM 2010: “O Trabalho na Construção da Dignidade Humana” . Foi tirada do site Descomplica! Lembrem-se de que este texto não é um “gabarito” (um conceito turvo no que diz respeito a redação), mas pode ser considerado como uma possibilidade entre várias de argumentação.

VALORES CIRCUNSTANCIAIS

Na atualidade, estamos cercados de clichês do tipo ‘o trabalho enobrece o homem’. Se, de fato, o dogma estabelecido é aquele que diz que que precisamos estudar, entrar em uma boa universidade e conseguir um bom emprego, deveríamos acreditar nessas máximas. Entretanto, as circunstâncias ditam, por vezes, o contrário,e nem sempre o trabalho é capaz de construir a dignidade humana por si só.

Primeiramente, é necessário analisar como existem, não só na sociedade contemporânea, mas ao longo da história, casos constantes de negação do trabalho na edificação dessa dignidade. Durante séculos, a escravidão foi uma realidade em todo o mundo, e no Brasil ela se perpetuou por muito tempo. Ainda, não se pode dizer que foi extinta, já que existem casos da mesma hoje em nosso país, o que compromete diretamente os direitos humanos ao tratar pessoas como objetos. Além disso, no presente, casos de corrupção, e do famoso ‘ganhar dinheiro fácil’, passam a ideia de que trabalhar para obtenção de algo pode não ser o caminho.

Além disso, no contexto capitalista circundante, o mercado de trabalho é altamente competitivo. Na falta de uma educação de base de qualidade, aqueles menos abastados têm pouca ou nenhuma chance de alcançar o ensino superior e, então, lutar por um bom emprego. Dessa forma, muitos optam por caminhos alternativos, como o trabalho irregular e, muitas vezes, o crime, para sobreviver. A falta de oportunidades para todos maximiza alguns sérios problemas urbanos, e compromete a máxima, pois passa a impressão de que quem não trabalha é indigno.

Por fim, se faz coerente uma breve análise do contexto social. Em uma sociedade de rótulos, na qual o ter em detrimento do ser é a regra a ser seguida, e muitos são valorizados muito mais pela conta bancária do que por méritos de caráter, empregos que possibilitam a obtenção de grandes somas de dinheiro fazem com que o trabalhador seja mais valorizado do que os demais. A dignidade humana é, então, medida não somente por meio do trabalho, mas pela remuneração que ele traz.

Dessa forma, é necessário entendermos que os valores passados a sociedade no que diz respeito a dignidade humana por meio do trabalho são circunstanciais. Se nossas universidades já são boas, o governo precisa, então, investir em educação pública de base, para que membros de todas as classes sociais possam ter acesso a oportunidades de maneira igual. Além disso, rótulos superficiais precisam ser derrubados, pois eles passam impressões errôneas e perigosas. A meritocracia pode e deve vir como fruto do trabalho, e é o caminho mais justo a ser seguido.

Gostou? Confira mais la no Descomplica! É de graça, e só se cadastrar!

BOA PROVA!

Continue estudando
Post do blog

11 propostas de intervenção para 11 possíveis temas de redação do Enem

artigo
Post do blog

REDAÇÃO PRONTA – ENEM 2006

Olá!
artigo