Questões Comentadas - Como ocorreu a construção do Estado Brasileiro? (1808- 1831)

01. (ESPM) Os organogramas políticos apresentados devem ser relacionados respectivamente com:

a) Constituição outorgada de 1824 – Constituição de 1891;

b) Constituição de 1891 – Constituição outorgada de 1824;

c) Constituição de 1934 – Constituição outorgada de 1824;

d) Constituição outorgada de 1824 – Constituição de 1934;

e) Constituição de 1891 – Constituição de 1934.

Gabarito: a

Devemos relacionar a constituição outorgada de 1824 à constituição de 1891 justamente por estarem na ordem cronológica correta e por se tratarem, respectivamente, da primeira constituição do Brasil e da primeira constituição republicana da História do país.

02. (UDESC) O período monárquico no Brasil costuma ser dividido em três momentos distintos: Primeiro Reinado (1822-1831); Regências (1831-1840) e Segundo Reinado (1840-1889).

Sobre as principais questões que marcaram esses momentos, assinale a alternativa incorreta.

a) A Guerra do Paraguai marcou o Primeiro Reinado e foi a grande responsável pelo enfraquecimento do poder de D. Pedro I, resultando na Independência do Brasil.

b) A primeira etapa da monarquia brasileira teve dificuldades para se consolidar, o Primeiro Reinado foi curto e marcado por tumultos e conflitos entre D. Pedro I que era português com os brasileiros.

c) A primeira Constituição Brasileira foi outorgada em 1824, por D. Pedro I.

d) A segunda etapa da história do Brasil monárquico inicia-se em 1831, com a renúncia de D. Pedro I em favor do filho Pedro de Alcântara, com apenas cinco anos de idade.

e) O terceiro momento da monarquia no Brasil inicia-se com o reinado de Dom Pedro II, período marcado pela centralização do poder de um lado e pelas disputas político-partidárias entre liberais e conservadores, de outro.

Gabarito: a

Todas as alternativas estão corretas, exceto a letra A, porque ela trata da Guerra do Paraguai como um evento ocorrido no primeiro reinado, quando na verdade aconteceu no segundo, tendo os papeis importantes de Duque de Caxias e Conde D’eu. Serviu para enfraquecer o império de Dom Pedro II e fortalecer a presença do exército.

3. (ENEM 2012) Após o retorno de uma viagem a Minas Gerais, onde Pedro I fora recebido com grande frieza, seus partidários prepararam uma série de manifestações a favor do imperador no Rio de Janeiro, armando fogueiras e luminárias na cidade. Contudo, na noite de 11 de março, tiveram início os conflitos que ficaram conhecidos como a Noite das Garrafadas, durante os quais os “brasileiros” apagavam as fogueiras “portuguesas” e atacavam as casas iluminadas, sendo respondidos com cacos de garrafas jogadas das janelas.

(VAINFAS, R. (Org.). Dicionário do Brasil Imperial. Rio de Janeiro: Objetiva, 2008 – Adaptado)

Os anos finais do I Reinado (1822-1831) se caracterizaram pelo aumento da tensão política. Nesse sentido, a análise dos episódios descritos em Minas Gerais e no Rio de Janeiro revela

a) estímulos ao racismo.

b) apoio ao xenofobismo.

c) críticas ao federalismo.

d) repúdio ao republicanismo.

e) questionamentos ao autoritarismo.

Gabarito: e

Dom Pedro II se mostrava muito autoritário ao final de seu reinado e isto ia totalmente em desencontro com a autonomia das elites regionais, que se mostravam completamente insatisfeitas com sua postura. A noite das garrafadas foi o episódio mais tenso diante disso tudo e fez com que o imperador abdicasse do trono em nome de seu filho.

Continue estudando
artigo
Post do blog

Mapa Mental: Primeiro Reinado (1822 – 1831)

Não deixe de ver esse mapa mental maravilhoso sobre Primeiro Reinado (1822 – 1831)! Confira:
artigo
Post do blog

Como ocorreu a construção da Nação brasileira?

Confira um resumo super bacana sobre a construção da nação brasileira e descubra os fatores por trás deste acontecimento que sempre cai no vestibular.