Quais as principais características do Romantismo?

Descubra tudo sobre o Romantismo neste resumo que vai salvar a sua prova de literatura e ainda te ajudar a passar no vestibular!

O século XIX foi marcado pela criação de um dos mais importantes movimentos literários: o Romantismo. Caracterizado pela idealização amorosa, a subjetividade, presença do pessimismo e o sentimento nacionalista, essa escola buscou atender as necessidades do novo público vigente: a burguesia. Além disso, inaugurou uma linguagem mais acessível e, por meio do eu lírico, desvincula-se do convencionalismo amoroso e aprofunda nas funções emotivas.

Contexto Histórico

O contexto histórico influencia diretamente na produção da época ao longo do século XIX. Esse período foi uma reação aos valores intelectuais e éticos, fruto de elementos políticos e históricos muito importantes na Europa, como: a Revolução Industrial, a Era Napoleônica e a Revolução Francesa.

A temáticas românticas são divididas entre 3 gerações no Brasil. Isso ocorre porque as novas necessidades de expressão surgiam de acordo com o momento em que os autores estavam vivendo. No Brasil, a 1ª Geração, chamada Nacionalista Indianista, foi marcada pela chegada da corte portuguesa nas terras brasileiras, a abertura dos portos e a Independência do Brasil.

Já na chamada 2ª Geração ou Ultrarromântica, há um desinteresse por parte dos poetas com o período político-social em que estavam situados e um aprofundamento do eu lírico para si mesmo, em uma atitude mais egocêntrica e pessimista (por isso, muitos a nomeiam como “mal do século”). Nesse momento, o contexto do mundo burguês já era visto de forma negativa, embora ainda fizesse parte do cenário das prosas românticas.

Por fim, a 3ª Geração ou Condoreirismo surge nas décadas de 60 e 70 do século XIX. Nesse contexto, podemos citar os anseios pela abolição da escravatura e o desejo das terras brasileiras pelo desejo Republicano. Com esse, percebemos que esses elementos abordam um cenário de cunho mais político e social.

As características do Romantismo

Com a análise do contexto histórico, conseguimos perceber que a temática romântica varia ao longo de suas gerações e, com isso, a predominância de suas características. Um dos elementos mais importantes que conseguimos identificar em sua poesia é a idealização amorosa e a fuga à realidade.

Veja abaixo os principais aspectos sobre a escola romântica:

a) Idealização amorosa;
b) Sentimento nacionalista, culto à pátria;
c) Pessimismo;
d) Fuga à realidade;
e) Amor platônico por parte do eu lírico pela amada;
f) Linguagem subjetiva;
g) Maior liberdade formal;
h) Vocabulário mais simples;
i) Natureza mais real, deixa de ser plano de fundo e interage com o eu lírico.

A 1ª Geração

A 1ª Geração, também conhecida como Nacionalista ou Indianista, é marcada por acontecimentos políticos ao início do século XIX, como, por exemplo, a Independência do Brasil.

Com esse feito, surge uma necessidade por parte dos autores de exaltarem o sentimento de amor à pátria, que acabara de se tornar Independente. De certo modo, os autores eliminam os contínuos desafios sociais e econômicos que o país ainda enfrenta e buscam criar uma identidade brasileira.

A figura indígena – elemento nativo das terras brasileiras – é utilizada de forma heroica e idealizada. O cenário da natureza e suas belezas exuberantes também compõem essa perspectiva de sentimento nacionalista. Na poesia, os autores que mais se destacam são Gonçalves Dia e Gonçalves de Magalhães. Já na prosa, o autor mais representativo é José de Alencar.

Exercícios

1. (ENEM) No trecho abaixo, o narrador, ao descrever a personagem, critica sutilmente um outro estilo de época: o romantismo.
“Naquele tempo contava apenas uns quinze ou dezesseis anos; era talvez a mais atrevida criatura da nossa raça, e, com certeza, a mais voluntariosa. Não digo que já lhe coubesse a primazia da beleza, entre as mocinhas do tempo, porque isto não é romance, em que o autor sobredoura a realidade e fecha os olhos às sardas e espinhas; mas também não digo que lhe maculasse o rosto nenhuma sarda ou espinha, não. Era bonita, fresca, saía das mãos da natureza, cheia daquele feitiço, precário e eterno, que o indivíduo passa a outro indivíduo, para os fins secretos da criação.” 

(ASSIS, Machado de. Memórias Póstumas de Brás Cubas. Rio de Janeiro: Jackson,1957.)

A frase do texto em que se percebe a crítica do narrador ao romantismo está transcrita na alternativa:
a) “… o autor sobredoura a realidade e fecha os olhos às sardas e espinhas.”
b) “… era talvez a mais atrevida criatura da nossa raça.”
c) “Era bonita, fresca, saía das mãos da natureza, cheia daquele feitiço, precário e eterno.”
d) “Naquele tempo contava apenas uns quinze ou dezesseis anos.”
e) “… o indivíduo passa a outro indivíduo, para os fins secretos da criação.”

2. (IBMEC – RJ) SABIÁ -Tom Jobim  e Chico BuarqueVou voltar
Sei que ainda vou voltar
Para o meu lugar
Foi lá e é ainda lá
Que eu hei de ouvir

Uma sabiá
Vou voltar
Sei que ainda vou voltar
Vou deitar à sombra de uma palmeira
Que já não há
Colher a flor que já não dá
E algum amor talvez possa espantar
As noites que eu não queria
E anunciar o dia

Vou voltar
Sei que ainda vou voltar
Não vai ser em vão
Que fiz tantos planos de me enganar
Como fiz enganos de me encontrar
Como fiz estradas de me perder
Fiz de tudo e nada de te esquecer (…)

A canção “Sabiá” é apenas uma das inúmeras releituras e citações que o poema de Gonçalves Dias, “Canção do Exílio” recebeu a partir do Modernismo. Esse poeta pertenceu à 1ª geração do Romantismo Brasileiro. Nas opções abaixo, assinale a única que não apresenta características desse estilo de época.
a) Nacionalismo, onde a exaltação da pátria somente enaltece as qualidades.
b) Exaltação da natureza.
c) Sentimentalismo e religiosidade.
d) Indianismo.
e) Conceptismo (jogo de ideias) e cultismo (jogo de palavras).

3. (FUVEST) Poderíamos sintetizar uma das características do Romantismo pela seguinte aproximação de opostos:

a) Aparentemente idealista, foi, na realidade, o primeiro momento do Naturalismo Literário.
b) Cultivando o passado, procurou formas de compreender e explicar o presente.
c) Pregando a liberdade formal, manteve-se preso aos modelos legados pelos clássicos.
d) Embora marcado por tendências liberais, opôs-se ao nacionalismo político.
e) Voltado para temas nacionalistas, desinteressou-se do elemento exótico, incompatível com a exaltação da pátria.

Gabarito

1. A
2. E
3. B

Continue estudando
Post do blog

Questões Comentadas: Romantismo

Link do módulo: http://descomplica.com.br/portugues/romantismo-no-brasil-primeira-geracao/contextualizacao-geral
artigo
Post do blog

Questões Comentadas: 2ª e 3ª gerações do Romantismo

Leia o resumo O que caracteriza a poesia da 2ª e 3ª geração do Romantismo? e resolva os exercícios abaixo. 
artigo