“Pane no sistema alguém me desconfigurou”: 6 características básicas das Revoluções Industriais

1. Transformações ocorridas na Inglaterra

A Inglaterra foi o primeiro país a se industrializar devido à instauração de uma monarquia parlamentar, uma rica burguesia, o êxodo rural a partir do cercamento dos campos, localização privilegiada que facilitava a exploração dos comércios ultramar, à religião protestante, formação de um mercado interno e externo.

“Londres, baby!”
“Londres, baby!”

2. Processo de produção

Até o final do século XVIII o produtor dominava todo o processo. A transformação de matérias-primas em produtos foi passando por fases de produção como manufaturas que eram grandes oficinas onde diversos artesões realizam suas tarefas manualmente com auxílio de ferramentas até chegar à mecanização que é a própria substituição da mão-de-obra por máquinas e o desconhecimento total das etapas da produção.

Pobre senhor =/
Pobre senhor =/

3. Primeira Revolução Industrial

Entre 1760 a 1860, há uma primeira etapa da Revolução Industrial ela ficou limitada, primeiramente, à Inglaterra. As principais características desse momento são a utilização do carvão, ferro, da máquina a vapor e da produção têxtil.

O rei da Revolução Industrial <3
O rei da Revolução Industrial <3

4. Segunda Revolução Industrial

A segunda etapa ocorreu no período de 1860 a 1900 e outros países como a França, Bélgica, os Estados alemães, o norte da Itália, a Rússia, os Estados Unidos, o Japão e a Holanda também se industrializaram. O emprego do aço, a utilização da energia elétrica e dos combustíveis derivados do petróleo, a invenção do motor a explosão e o desenvolvimento de produtos químicos foram as principais inovações desse período.

Eureka!
Eureka!

5. Condições de trabalho

Com o objetivo de visar cada vez mais o lucro e com a ausência de leis que regulamentassem o trabalho, os empresários exploravam o operariado que chegavam a trabalhar 15 horas por dia e recebiam um baixo salário. Até mulheres e crianças eram obrigadas a trabalhar para ajudar a sustentar a família, e estes ainda recebiam menos que os homens. Diante de tais explorações os trabalhadores protestaram pela primeira vez quebrando as máquinas – Ludismo –  e depois começaram a lutar por seus direitos junto ao Parlamento com o Cartismo.

Ei, você devia estar estudando! =/
Ei, você devia estar estudando! =/

6. Meio ambiente

A revolução industrial tem vários impactos na nossa vida até hoje. As questões ambientais são um exemplo, não só com o impacto na paisagem mas especialmente com a poluição e emissão de gases na atmosfera. Fique ligado que sustentabilidade é um assunto em alta!

*Cof, cof, cof*
*Cof, cof, cof*

Curtiu essa lista sobre as Revoluções Industriais? Não dê pane na hora da prova!

Continue estudando
Post do blog

&#8220;A fase superior do Capitalismo&#8221;: 2ª Revolução Industrial e Imperialismo

A Segunda Revolução Industrial e o Imperialismo foram importantes episódios iniciados em fins do século XIX e que geraram consequência que abalaram o século XX. Nesse resumo entenderemos os dois fenômenos, as relações estabelecidas entre os dois e seus desdobramentos.
artigo
Post do blog

Mapa Mental: Segunda Revolução Industrial e Imperialismo

Quer saber mais sobre Segunda Revolução Industrial e Imperialismo? A gente te explica com esse mapa mental!
artigo