O que é cultura material e imaterial?

Descubra tudo sobre Cultura Material e Cultura Imaterial e fique pronto para arrasar na sua prova de história da escola e do vestibular!

O Brasil, como diz o nosso mestre da história, Pellizzari, possui um notável hibridismo cultural. O que isso quer dizer? Quer dizer que nosso país é rico em uma gama de diversidade cultural. A cultura é todo costume de uma sociedade, desde a culinária até mesmo a religião. A vasta extensão do nosso território também contribui em muito para todas essas diferenças internas. Mas é importante lembrar que as diferenças são o que tornam nosso Brasil tão rico e especial. Vamos aprender mais nesse vídeo com o professor William e com o nosso super resumo?

As culturas material e imaterial fazem parte do patrimônio cultural de todo país. Patrimônio histórico e cultural é todo bem móvel, imóvel ou natural. Ele marca de forma significativa cada sociedade. É importante saber que esse patrimônio pode ser classificado tanto como parte da Cultura Material quanto como parte da Cultura Imaterial e abaixo vamos nos situar melhor sobre o que cada uma delas tem como característica.

Cultura Brasileira

A nossa cultura, como está dito lá em cima, é muito diversa e a História é aquela que pode explicar o porquê disso. As cinco regiões de nosso país são perceptivelmente diferentes culturalmente, mas todos somos considerados brasileiros, pois fazemos parte de uma identidade maior, a identidade nacional de algo que une a todos nós e faz com que sintamos que fazemos parte desse todo. Nossa cultura é influenciada pela herança de nossos índios nativos, por nossos colonizadores portugueses e também pela tão presente cultura africana que vinha da África, trazida tão sofrida no compartimento de um navio negreiro. Vamos ao Maracanã, usamos sapatos e comemos uma boa feijoada.

Cultura Material

cultura material nada mais é que a importância que determinados objetos possuem para determinado povo e sua cultura. É também através da cultura material que se ajuda a criar uma identidade comum. Esses objetos fazem parte de um legado de cada sociedade. Cada objeto produzido tem um contexto específico e faz parte de determinada época da história de um país. A cultura material se aplica a quase toda produção humana.

Cultura Imaterial

Todo povo possui um patrimônio que vai além do material, de objetos. Esse patrimônio é chamado de cultura imaterial. Ou seja, cultura imaterial é uma manifestação de elementos representativos, de hábitos, de práticas e costumes. A transmissão dessa cultura se dá muitas vezes pela tradição. Os maiores exemplos de cultura imaterial no Brasil são o folclore, a capoeira etc.

Todos somos parte integrante na cultura de nosso país e por isso devemos respeitar qualquer forma de manifestação cultural. Nossa riqueza cultural, nossas belezas naturais só fazem sentido se forem para serem compartilhadas igualmente com todos que fizeram parte dessa imensidão que é o nosso Brasil.

Beijos históricos para vocês!

Exercícios

1. (ENEM 2013) Própria dos festejos juninos, a quadrilha nasceu como dança aristocrática. oriunda dos salões franceses, depois difundida por toda a Europa. No Brasil, foi introduzida como dança de salão e, por sua vez, apropriada e adaptada pelo gosto popular. Para sua ocorrência, é importante a presença de um mestre “marcante” ou “marcador”, pois é quem determina as figurações diversas que os dançadores desenvolvem. Observa-se a constância das seguintes marcações: “Tour”, “En avant”, “Chez des dames”, “Chez des cheveliê”, “Cestinha de flor”, “Balancê”, “Caminho da roça”, “Olha a chuva”, “Garranchê”, “Passeio”, “Coroa de flores”, “Coroa de espinhos” etc.

No Rio de Janeiro, em contexto urbano, apresenta transformações: surgem novas figurações, o francês aportuguesado inexiste, o uso de gravações substitui a música ao vivo, além do aspecto de competição, que sustenta os festivais de quadrilha, promovidos por órgãos de turismo.

CASCUDO. L.C. Dicionário do folclore brasileiro. Rio de Janeiro: Melhoramentos. 1976.

As diversas formas de dança são demonstrações da diversidade cultural do nosso país. Entre elas, a quadrilha é considerada uma dança folclórica por

a) possuir como característica principal os atributos divinos e religiosos e, por isso, identificar uma nação ou região.

b) abordar as tradições e costumes de determinados povos ou regiões distintas de uma mesma nação.

c) apresentar cunho artístico e técnicas apuradas, sendo também, considerada dança-espetáculo.

d) necessitar de vestuário específico para a sua prática, o qual define seu país de origem.

e) acontecer em salões e festas e ser influenciada por diversos gêneros musicais.

2. (ENEM 2013)

TEXTO I

Andaram na praia, quando saímos, oito ou dez deles; e daí a pouco começaram a vir mais. E parece-me que viriam, este dia, à praia, quatrocentos ou quatrocentos e cinquenta. Alguns deles traziam arcos e flechas, que todos trocaram por carapuças ou por qualquer coisa que lhes davam. […] Andavam todos tão bem-dispostos, tão bem feitos e galantes com suas tinturas que muito agradavam.

(CASTRO, S. A carta de Pero Vaz de Caminha. Porto Alegre: L&PM, 1996 (fragmento))

TEXTO II

(PORTINARI, C. O descobrimento do Brasil. 1956. Óleo sobre tela, 199 x 169 cm Disponível em: www.portinari.org.br. Acesso em: 12 jun. 2013. (Foto: Reprodução))

Pertencentes ao patrimônio cultural brasileiro, a carta de Pero Vaz de Caminha e a obra de Portinari retratam a chegada dos portugueses ao Brasil. Da leitura dos textos, constata-se que

a) a carta de Pero Vaz de Caminha representa uma das primeiras manifestações artísticas dos portugueses em terras brasileiras e preocupa-se apenas com a estética literária.

b) a tela de Portinari retrata indígenas nus com corpos pintados, cuja grande significação é a afirmação da arte acadêmica brasileira e a contestação de uma linguagem moderna.

c) a carta, como testemunho histórico-político, mostra o olhar do colonizador sobre a gente da terra, e a pintura destaca, em primeiro plano, a inquietação dos nativos.

d) as duas produções, embora usem linguagens diferentes – verbal e não verbal –, cumprem a mesma função social e artística.

e) a pintura e a carta de Caminha são manifestações de grupos étnicos diferentes, produzidas em um mesmo momentos histórico, retratando a colonização.

Gabarito

1. B

2. C

Continue estudando
Post do blog

Questões Comentadas: Cultura Material e Imaterial

Leia o resumo O que é cultura material e imaterial? e resolva os exercícios abaixo.
artigo
Post do blog

5 músicas que vão te ajudar a entender o Sertão Nordestino para não dançar na prova

Essas músicas vão te ajudar a lembrar os assuntos mais cobrados nas provas que envolvem o Sertão do Nordeste. Devemos lembrar que a prova do ENEM tem bastante foco nos eixos temáticos cultural e social, por isso as questões envolvendo o Sertão e o Nordeste brasileiro são muito relevantes.
artigo