Modelo de Redação: Artigo jornalístico opinativo

Modelo de Redação: Artigo jornalístico opinativo

Sabe aquele tema de redação que nós indicamos para você na semana 41? Ele virou um modelo de redação aqui no blog, feito pelo monitor Bernardo Soares, para você se inspirar e comparar com a sua própria redação.

Veja aqui a coletânea de textos completa para este tema e faça já a sua redação: Artigo jornalístico opinativo.


A escuridão natural contrariando a luz do progresso

As cidades brasileiras passaram a viver assombradas pela possibilidade constante de chuvas fortes, principalmente entre dezembro e fevereiro. Tal fato se justifica pelas terríveis consequências causadas pelas enchentes à população. As causas das inundações estão relacionadas tanto aos fatores naturais quanto às ações humanas. O principal motivo, por exemplo, é a poluição excessiva, que entope bueiros e influencia nas mudanças climáticas.

No fim de 2009, a cidade do Rio de Janeiro enfrentou um período de dias escuros, assim como na crônica de Drummond. A realidade da Cidade Maravilhosa se distanciou bastante do ideal que caracteriza o seu epíteto. Em sua crônica atemporal, o autor descreve a situação catastrófica da cidade pós-enchente, no ano de 1966. Comprovando a atemporalidade da obra, a mesma devastação pôde ser vista em Angra dos Reis e em outras diversas cidades brasileiras. Ainda que anos atrás, Drummond nos mostra, através de suas palavras, o despreparo político e a falta de condições básicas de moradia presentes na contemporaneidade.

A expressão que intitula a crônica “dias escuros” assume para nós um caráter literal, assim como um caráter metafórico. Literal, pois dias chuvosos são, de fato, cinzentos. Já o sentido figurado refere-se às dificuldades enfrentadas em dias como esses. Os dramas humanos vividos por indivíduos desabrigados, sem alimentos, até mesmo soterrados pelos desabamentos ocasionados pelas enchentes, além da dificuldade de mobilidade e a ineficiência do sistema de socorro às vítimas revelam a deficiência de programas sociais e a falta de planejamento urbano. O “raio de luz”, nesses dias escuros, seria a solidariedade de alguns indivíduos ao assumirem o papel das autoridades, prestando socorro às vítimas e fazendo doações.

A projeção da crônica para os tempos atuais nos faz refletir sobre a ausência de progresso, em contrapartida ao crescente avanço tecnológico das últimas quatro décadas. O incômodo demonstrado pelo personagem da crônica é o mesmo que toma conta das pessoas atualmente. Tomados por culpa, mas sem ter culpa de nada, seguimos de mãos atadas diante da força da natureza e as consequência de suas catástrofes naturais(?).

Continue estudando
Post do blog

Modelo de Redação: A violência escolar no Brasil

Modelo de Redação: A violência escolar no Brasil
artigo
Post do blog

Modelo de Redação: O suicídio entre os jovens brasileiros – Como enfrentar esse problema?

Modelo de Redação: O suicídio entre os jovens brasileiros – Como enfrentar esse problema?
artigo