Identidade Nacional: Imagens do Brasil e do Brasileiro

A redação é sobre Identidade Nacional e você não sabe como contextualizar? Seus problemas acabaram! Se liga nesse resumo sobre a formação da identidade do brasileiro que vai te ajudar a arrebentar na redação. Vem comigo!

Identidade

O conceito de identidade é o somatório, associação, de características próprias de uma nação. O nosso país possui uma identidade multicultural, porque foi formado pela mistura de diferentes povos, que possuíam suas próprias identidades. Essa fusão originou o povo brasileiro, reconhecido mundialmente por sua diversidade.

Após conceituarmos o que é identidade, é importante que as fases e etapas da formação identitária brasileira sejam trabalhadas. São elas:

1. Colonização

Nesse momento, ocorre um primeiro choque entre povos. Quando os portugueses atracaram seus navios em terras brasileiras, sua cultura foi imposta aos indígenas que aqui habitavam. Promovendo, assim, uma aculturação dos índios e uma invasiva e violenta doutrinação da cultura branca. Tal ato provocou massacres e até mesmo extinção daqueles que não aceitavam a dominação europeia.

2. Independência

Por que a Independência foi importante? Porque pela primeira vez o Brasil se viu “livre” das amarras de Portugal que o prendiam como Colônia. Politicamente, havia uma necessidade de se auto-afirmar: o Estado que administrava o território nacional começou a lutar pelos seus interesses, fortalecendo um sentimento conhecido como nacionalismo. Fazendo uma conexão com a Literatura da época, o Brasil vivenciava a Primeira Fase do Romantismo, caracterizada por sua exaltação do primitivismo brasileiro – o índio – e conhecida como geração indianista.

3. República

Enquanto no Romantismo, os brasileiros tentavam se afirmar em até certo ponto de modo artificial – índios europeizados, por exemplo -, na República, o federalismo contribuiu para um fortalecimento dos movimentos culturais regionais, em busca de um símbolo de libertação e liberdade nacional, como aconteceu com Tiradentes. Fazendo uma conexão com a Literatura, temos o Modernismo que buscava um posicionamento da produção artística brasileira não mais como cópia dos moldes europeus, mas algo que caminhasse lado a lado com o que vinha de fora; era o nascimento da arte brasileira em essência. A exemplo disso, temos os movimentos modernistas Antropofágico, Pau-Brasil, Verde e Amarelo.

4. Globalização

A Globalização representa o encurtamento de distâncias e a dissolução de fronteiras, já que, por causa dela, ficou mais fácil conhecer o que se passa em qualquer lugar do planeta. Mas isso tem um grande risco para uma cultura nacional, porque faz com que, a partir das influências recebidas, ela se perca ou passe a não se reconhecer. O bombardeio de informações, gera uma pluralidade cultural, uma mesclagem de elementos provenientes de distintas culturas.

Continue estudando
Post do blog

Exercícios Resolvidos: Cultura e Comportamento no ENEM

Leia o resumo “Como o Enem aborda os temas Cultura e Comportamento?” e resolva os exercícios abaixo.
artigo
Post do blog

Mapa Mental: Política e Democracia

O ENEM está chegando e, se você quiser se dar bem, tem que mandar muito na redação! Com este mapa mental, fique por dentro de tudinho sobre Política e Cidadania 😀
artigo