Gráfico Matemático: tipos e exemplos

Você tem dificuldade em ler e interpretar gráficos? Então, esse texto é para você!

Quando estamos lidando com dados e informações, precisamos arrumar um jeito de organizar tudo. Por isso, existe um ramo na matemática que trata só disso: a estatística. A primeira etapa de um processo estatístico é a organização dos dados em um gráfico ou tabela. E nós estamos acostumados a ler gráficos e tabelas a todo instante, como, por exemplo, o menu de um restaurante. Além de ser um tema comum no Enem, ano após ano.

Por isso, fizemos um apanhado do que há de mais importante para você acertar as questões sobre o assunto no vestibular. Vamos falar de gráfico em barras, gráfico de setores, gráfico de linhas e até no gráfico que caiu pela primeira vez no Enem 2019 e pegou a todos de surpresa: o gráfico radar. Então, segue aqui com a gente e vem aprender!

1) O que é um gráfico?

Um gráfico é simplesmente uma ferramenta usada para organizar dados ou valores numéricos. Sendo um tanto visual, contribui para uma melhor compreensão das informações ali contidas. Para entendermos alguns gráficos, é fundamental que relembremos um pouco mais sobre o plano cartesiano. Lembra dele? Bom, a gente relembra!

O plano cartesiano foi criado por René Descartes, esse mesmo, o filósofo do “penso, logo existo”, no século XVII, em uma tentativa de localizar pontos no espaço. Ele é composto por um sistema de coordenadas representado por duas retas perpendiculares: a reta horizontal é chama de eixo das abscissas (x) e a reta vertical é chamado de eixo das ordenadas (y).

Gráfico Matemático: tipos e exemplos

Quer ver como isso funciona na prática? Pense no jogo batalha naval. Se eu disser que existe um navio no meio do meu campo, você não vai ter a mínima ideia de onde ele está no tabuleiro.

Gráfico Matemático: tipos e exemplos

Agora, se eu disser que ele está na casa G6, então, ficou fácil de localizá-lo:

Gráfico Matemático: tipos e exemplos

Prontinho, é assim que localizamos pontos em um plano. Repare que, para encontrar o ponto G6, foi preciso entender que o eixo vertical era referente aos números e, o eixo horizontal, referente às letras. Nos gráficos que veremos a seguir, também. Na leitura de um gráfico, é importante entender qual é a informação a ser passada em cada um dos eixos.

2) Gráfico em barras:

Imagine que o Descomplica tenha feito uma pesquisa com seus alunos sobre a sua preferência acerca das disciplinas. Cada aluno responderia à pergunta: “qual é a prova do Enem que você mais gosta de fazer?”. As possíveis respostas são Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Matemática ou Português.

Suponha que 100 alunos responderam à pesquisa e este foi o resultado:

  • → 20 alunos responderam preferir Ciências Humanas.

  • → 30 alunos responderam preferir Português.

  • →10 alunos responderam preferir Matemática.

  • → 40 alunos responderam preferir Ciências da Natureza.

Não é muito mais legal e visual dispor esses resultados em um gráfico em barras?

Gráfico em barras vertical

Repare que, nesse caso, no eixo vertical está a quantidade de pessoas e no eixo horizontal, as possíveis respostas. E se invertermos?

Gráfico em barras horizontal

Prontinho, aí está. Então, já sabe, né? Muito cuidado com as informações contidas em cada eixo.

👉 Se prepare para o Enem e Vestibulares estudando Matemática de graça no Descomplica!

3) Gráfico de linhas:

Vamos usar o mesmo exemplo anterior, a mesma pesquisa e os mesmos dados. Só que, agora, vamos conhecer um novo gráfico: o de linhas! Ele é parecido com o de barras, olha só:

Gráfico de linhas

Repare que a posição do ponto no gráfico está relacionada aos seus respectivos valores. Ou seja, o ponto mais alto do gráfico é o de pessoas que preferem Ciências da Natureza, pois é a prova mais escolhida pelos votantes. Já o ponto referente às pessoas que preferem a prova de Matemática está mais abaixo, pois é a prova menos votada.

4) Gráfico de setores:

Este é o famoso gráfico pizza. Seu funcionamento é bem simples: quanto maior a quantidade de dados, maior a fatia da pizza. Veja só:

Gráfico de setores

Estão reparando no quanto que a legenda é importante? Para entender esse gráfico, precisamos ver a correspondência entre as cores e as provas.

Outro detalhe importante é que, em questões de prova, é muito comum ser pedido o ângulo de cada setor do gráfico. Para isso, basta fazermos uma simples regra de três. Por exemplo, vamos calcular o ângulo do setor referente à prova de Matemática.

Bom, você concorda que a circunferência toda está representando todos os 100 alunos que responderam à pesquisa? Então, temos:

    100 alunos ________ 360°
    10 alunos _________ x°

Resolvendo a regra de três, encontramos x = 36°.

5) Gráfico radar:

O gráfico radar apareceu pela primeira no Enem na prova de 2019, e muitas pessoas encontraram dificuldades em interpretá-lo. A boa notícia é que o gráfico radar não é tão difícil quanto se pensa. Vamos usar o mesmo exemplo representado nos gráficos anteriores, ao qual já estamos acostumados, certo? Olha como os mesmos dados ficaram representados:

Gráfico radar

Coisas importantes a serem analisadas:

  • → O gráfico possui 4 vértices, pois, na pesquisa, tínhamos 4 opções de escolha: ciências humanas, ciências da natureza, português e matemática.

  • → Cada uma das 4 linhas representa, de dentro pra fora, a quantidade de pessoas que escolheram cada uma das opções: 10, 20, 30 e 40.

  • → A linha verde está mais esticada no vértice referente à Ciências da Natureza, pois é a prova escolhida por mais pessoas.

  • → A linha verde está menos esticada no vértice referente à Matemática, pois é a prova escolhida por menos pessoas.

Foi fácil, não foi?

Esses foram os gráficos mais importantes que precisávamos mostrar para vocês. Continuem ligados aqui no Descomplica, porque estaremos sempre trazendo assuntos que, como os gráficos matemáticos, aparecem todo ano no Enem e nos demais vestibulares.

👉 Se prepare para o Enem e Vestibulares estudando Matemática de graça no Descomplica!

💚

A maior sala de aula direto da sua casa!

Junte-se aos 230 mil alunos que descobriram como melhorar os resultados estudando online! 👉 Clique aqui e saiba como!

Continue estudando
Post do blog

Nós te ajudamos a calcular a sua média do ENEM, confira!

Você sabia que a nota média do ENEM é de 500 pontos? Mas, em programas como o Sisu e ProUni, para cada curso e para cada universidade há uma média e pesos que você deve atingir, que formam a nota de corte. Você já pode calcular a sua, com base no seus resultados individuais no ENEM, divulgados essa semana,  e nos pesos adotados pela sua universidade para o curso que você deseja fazer (você pode consultar esses pesos nos editais das universidades).  Basta preencher a calculadora abaixo com os dados necessários para tirar a sua média:
artigo
Post do blog

Mapa Mental: Estatística

Não deixe matemática complicar sua vida! Descomplique com este mapa mental maneiro e saiba tudo para arrasar na sua prova de estatística! :3
artigo