Exercícios para treinamento II

Galera,

como prometido, posto hoje a segunda parte de questões discursivas para vocês treinarem para as provas que ainda virão pela frente.

Mãos à obra!

Questão 6 –

Mal vi o teu rosto
o sangue gelou-se
a língua prendeu-se
tremi, e mudou-se
das faces a cor.
Marília, escuta
um triste pastor.

(Tomás Antonio Gonzaga)

Há no texto acima marcas flagrantes do estilo a que pertence. O subjetivismo e a temática amorosa, entrementes, aproximam-no de outro momento do processo literário brasileiro. Informe:

a)    O estilo literário a que pertence o texto.

b)    O movimento literário que também expressa as características citadas.

Gabarito:

a) Arcadismo

b) Romantismo

Questão 7 –

Aurélia que se dirigira ao seu toucador, sentou-se a uma escrivaninha de araribá guarnecido de relevos de bronze dourado e escreveu uma carta de poucas linhas.
A todos os pormenores dessa comezinha operação, no dobrar a folha de papel, encerrá-la na capa, derreter o lacre e imprimir o sinete, a moça deliberadamente aplicava a maior atenção e esmero.
Ou essa carta era destinada a quem tudo lhe merecia, ou nesse apuro e cuidado buscava Aurélia disfarçar a hesitação que a surpreendera no momento de realizar uma ideia anteriormente assentada.
Depois de sobrescrita a carta, a moça tirou do segredo da secretária um cofre de sândalo embutido de marfim.
Havia ali entre cartas e flores murchas um cartão de visita, já amarelo, que ela escondeu no bolso do roupão, depois de guardado na sua carteirinha de veludo.
Ao som do tímpano apareceu um criado. Aurélia entregou-lhe a carta com um gesto vivo e a voz breve, como receosa de súbito arrependimento.
– Para o Sr. Lemos! Depressa!
Sentiu então Aurélia essa quietude que sucede às lutas do coração. Ela tinha afinal resolvido o problema inextricável de sua vida; e em vez de abandonar-se ao acaso e deixar-se levar pelo turbilhão do mundo, achara em sua alma a força precisa para dirigir os acontecimentos e dominar o futuro.
Daí provinha a calma de que revestia-se ao deixar o toucador e que outra vez imprimia à sua beleza uma doce expressão de melancolia e resignação.

ALENCAR, José de. Senhora. São Paulo: Moderna, 1983, pp. 22-23

Considerada uma obra-prima da literatura brasileira, “Senhora”, romance urbano de José de Alencar, foi publicado em 1875. Tendo como referência o texto acima, indique duas características que confirmam a filiação do romance à estética romântica.

Gabarito:

Algumas características que confirmam a filiação do romance à estética romântica são: valorização do individualismo, idealização da mulher, sentimentalismo, descritivismo, uso predominante de substantivos e adjetivos, expressão do relativo e exagero na caracterização das emoções.

Questão 8 –

Recorrendo à pontuação, uma os fragmentos abaixo:

O povo muda o destino do país
que é solidário

De modo que os resultados correspondam às propostas seguintes:

a)    Proposta 1 – Dentre os povos, aquele que é solidário muda o destino do país.

b)    Proposta 2 – O povo é solidário e muda o destino do país.

Gabarito:

a) O povo que é solidário muda o destino do país. (ideia de restrição)

b) O povo, que é solidário, muda o destino do país. (ideia de explicação)

Questão 9 –

Relâmpago

A onça pintada saltou tronco acima que nem um relâmpago
de rabo comprido e cabeça amarela:
Zás!
Mas uma flecha ainda mais rápida que o relâmpago fez
rolar ali mesmo
Aquele matinal gatão elétrico e bigodudo
Que ficou estendido no chão feito um fruto de cor
que tivesse caído de uma árvore!

Com base no poema acima, aponte duas características da literatura modernista brasileira.

Gabarito: Versos livres e brancos e aproximação da linguagem coloquial.

Questão 10 –

Livre-arbítrio

Todo mundo é toureiro.
Cada um escolhe o
touro que quiser na vida.
O toureiro escolheu o
próprio
touro.

No poema acima, o poeta Cacaso opera um jogo de palavras, para o qual utiliza as palavras touro e toureiro em diferentes sentidos. Em que uso a palavra “touro” está em seu sentido denotativo? Na outra ocorrência, qual é a figura de linguagem empregada?

Gabarito:

No último verso – segunda ocorrência.
A figura de linguagem é a metáfora.

Espero ter ajudado, galera!

Estou à disposição caso estejam com dúvidas!

Abraços,

Diego

Continue estudando
Post do blog

Questões Comentadas: Arcadismo

1. (MACKENZIE) Texto para as questões 1 e 2:
artigo
Post do blog

Mapa Mental: Arcadismo

Confira esse mapa mental lindo com tudo o que você precisa saber sobre Arcadismo para mandar muito bem nos vestibulares e ENEM (:
artigo