Exercícios de revisão para FUVEST - parte I

Galera, como vão? =P

Já deu de sobra para descansarem após o ENEM, né?  Voltem a estudar com afinco porque agora os principais vestibulares – e mais difíceis – do país estão chegando..

Nessa semana, vou fazer algo diferente. Postarei, por dia, 5 exercícios de revisão para dois vestibulares do país – a FUVEST e a UERJ.

Então vamos começar a treinar! 🙂

Questão 1 – (FUVEST 2010) Texto para as questões 01 e 02

Belo Horizonte, 28 de julho de 1942.

Meu caro Mário,

Estou te escrevendo rapidamente, se bem que haja muitíssima coisa que eu quero te falar (a respeito da Conferência, que acabei de ler agora). Vem-me uma vontade imensa de desabafar com você tudo o que ela me fez sentir. Mas é longo, não tenho o direito de tomar seu tempo e te chatear.
Fernando Sabino.

Neste trecho de uma carta de Fernando Sabino a Mário de Andrade, o emprego de linguagem informal é bem evidente em:

a) “se bem que haja”.

b) “que acabei de ler agora”.

c) “Vem-me uma vontade”.

d) “tudo o que ela me fez sentir”.

e) “tomar seu tempo e te chatear”.

Letra E

Questão 2 – (FUVEST 2010)

Belo Horizonte, 28 de julho de 1942.

Meu caro Mário,

Estou te escrevendo rapidamente, se bem que haja muitíssima coisa que eu quero te falar (a respeito da Conferência, que acabei de ler agora). Vem-me uma vontade imensa de desabafar com você tudo o que ela me fez sentir. Mas é longo, não tenho o direito de tomar seu tempo e te chatear.
Fernando Sabino.

No texto, o conectivo “se bem que” estabelece relação de:

a) conformidade.

b) condição.

c) concessão.

d) alternância.

e) consequência.

Letra C

Questão 3 – (FUVEST 2010) Texto para as questões 03 e 04

Leia esta notícia científica:

Há 1,5 milhão de anos, ancestrais do homem moderno deixaram pegadas quando atravessaram um campo lamacento nas proximidades do  Ileret, no norte do Quênia. Uma equipe internacional de pesquisadores descobriu essas marcas recentemente e mostrou que elas são muito parecidas com as do “Homo sapiens”: o arco do pé é alongado, os dedos são curtos, arqueados e alinhados. Também, o tamanho, a profundidade das pegadas e o espaçamento entre elas refletem a altura, o peso e o modo de caminhar atual. Anteriormente,  houve outras descobertas arqueológicas, como, por exemplo, as feitas na Tanzânia, em 1978, que revelaram pegadas de 3,7 milhões de anos, mas com uma anatomia semelhante à de macacos. Os pesquisadores acreditam que as marcas recém-descobertas pertenceram ao “Homo erectus”.

Revista FAPESP, nº 157, março de 2009. Adaptado.

No texto, a sequência temporal é estabelecida principalmente pelas expressões:

a) “Há 1,5 milhão de anos”; “recentemente”; “anteriormente”.

b) “ancestrais”; “moderno”; “proximidades”.

c) “quando atravessaram”; “norte do Quênia”; “houve outras descobertas”.

d) “marcas recém-descobertas”; “em 1978”; “descobertas arqueológicas”.

e) “descobriu”; “mostrou”; “acreditam”.

Letra   A

Questão 4 – (FUVEST 2010)

Leia esta notícia científica:

Há 1,5 milhão de anos, ancestrais do homem moderno deixaram pegadas quando atravessaram um campo lamacento nas proximidades do  Ileret, no norte do Quênia. Uma equipe internacional de pesquisadores descobriu essas marcas recentemente e mostrou que elas são muito parecidas com as do “Homo sapiens”: o arco do pé é alongado, os dedos são curtos, arqueados e alinhados. Também, o tamanho, a profundidade das pegadas e o espaçamento entre elas refletem a altura, o peso e o modo de caminhar atual. Anteriormente,  houve outras descobertas arqueológicas, como, por exemplo, as feitas na Tanzânia, em 1978, que revelaram pegadas de 3,7 milhões de anos, mas com uma anatomia semelhante à de macacos. Os pesquisadores acreditam que as marcas recém-descobertas pertenceram ao “Homo erectus”.

Revista FAPESP, nº 157, março de 2009. Adaptado.

No trecho “semelhante à de macacos”, fica subentendida uma palavra já empregada na mesma frase. Um recurso linguístico desse tipo também está presente no trecho assinalado em:

a) A água não é somente herança de nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo às futuras gerações.

b) Recorrer à exploração da miséria humana, infelizmente, está longe de ser um novo ingrediente no cardápio da tevê aberta à moda brasileira.

c) Ainda há quem julgue que os recursos que a natureza oferece à humanidade são, de certo modo, inesgotáveis.

d) A prática do patrimonialismo acaba nos levando à cultura da tolerância à corrupção.

e) Já está provado que a concentração de poluentes em área para não fumantes é muito superior à recomendada pela OMS.

Letra E

Questão 5 – (FUVEST 2010)  Em qual destas frases a vírgula foi empregada para marcar a omissão do verbo?

a) Ter um apartamento no térreo é ter as vantagens de uma casa, além de poder desfrutar de um jardim.

b) Compre sem susto: a loja é virtual; os direitos, reais.

c) Para quem não conhece o mercado financeiro, procuramos usar uma linguagem livre do economês.

d) A sensação é de estar perdido: você não vai encontrar ninguém no Jalapão, mas vai ver a natureza intocada.

e) Esta é a informação mais importante para a preservação da água: sabendo usar, não vai faltar.

Letra B

Bons estudos, queridos!

Diego

Continue estudando
artigo
Post do blog

Exercícios Resolvidos: Pronomes Demonstrativos e Indefinidos

Recentemente, falamos sobre as classes gramaticais e ensinamos o que são os pronomes. Eles são os responsáveis por acompanhar, substituir ou fazer referência ao nome. Ou seja, são palavras variáveis em gênero (masculino/feminino) e número (singular/plural).
artigo
Post do blog

Exercícios Resolvidos: Pronomes

Leia o resumo “Classes Gramaticais: Pronomes” e resolva os exercícios abaixo.