Como produzir a conclusão de uma dissertação argumentativa?

Precisa de uma força para produzir a conclusão da sua dissertação? Este resumo incrível vai te ajudar a garantir a nota 1000 no ENEM, confira!

É normal você chegar aqui e escrever com menos atenção, com menos carinho. A conclusão é o último parágrafo e, até agora, a única ideia existente sobre ele é que o seu objetivo era “resumir” todo o texto. Tia Teteca te ensinou isso, né? Mas essa ideia não é totalmente verdadeira. De fato, a conclusão precisa ter alguma relação com o restante do texto, mas, falando de ENEM, é muito importante que ela cumpra uma função que, até agora, não teve muito destaque no seu texto: apresentar propostas de intervenção. A conclusão, então é tão importante quanto todos os outros parágrafos. Confie em mim: interessar o leitor do início ao fim vai garantir notas maiores! Vamos aprender  a fechar o texto com chave de ouro? 😉

Retomada da tese

O parágrafo de conclusão tem duas funções muito importantes: em primeiro lugar, o último parágrafo do seu texto precisa retomar a tese. Lembra quando falamos de introdução? Não? Dê uma olhada no nosso resumo. Uma das duas funções do parágrafo introdutório é a apresentação de uma tese, ou seja, um ponto de vista central, uma ideia que, de certa forma, resume o texto. Se estamos falando de uma ideia central, é um pouco óbvia a necessidade de ela estar na conclusão, né? A melhor forma de fazer isso é parafraseando a sua tese, ou seja, passando exatamente a mesma ideia, mas com outras palavras. Vamos ver um exemplo?

Note que a tese e a sua retomada têm o mesmo objetivo: mostrar que a questão da representatividade ainda merece muitas discussões. A forma de dizer nos dois parágrafos, porém, não é a mesma. Essa é a ideia da retomada da tese.

Apresentação de propostas de intervenção

Essa não é a segunda função de todos os parágrafos de introdução. Na verdade, a presença das propostas na conclusão nem chega a ser obrigatória. Mas a nossa defesa tem fundamentos: em uma prova corrigida de forma muito rápida – 0 caso do ENEM -, é muito importante que todos os pontos analisados pelas competências estejam muito evidentes na sua redação. Se a grande maioria dos alunos apresentam propostas no último parágrafo, é muito provável que, procurando intervenções, o leitor olhe diretamente para a conclusão do seu texto. A ideia, então, é facilitar o trabalho do corretor e apresentá-las logo onde ele procurará. Além disso, se você apresentou problemas – e até causas e consequências – no seu desenvolvimento, é muito normal que as propostas venham logo depois deles, né? E o melhor lugar, sem dúvidas, é a conclusão.

Essas propostas precisam ter duas características muito importantes: em primeiro lugar, é preciso que elas sejam aplicáveis ao tema e ao que foi dito no texto. Não faz sentido propor soluções na área da educação se o problema não tem relação com algum trabalho feito pelas escolas, né? Além disso, as propostas precisam ser detalhadas. A ideia é: além de dizer o que é necessário fazer, é importante mostrar quem pode ajudar nisso e, é claro, como isso pode ser feito.  Vamos ver um exemplo?

Conseguiu perceber as propostas detalhadasaplicáveis? É fundamental que você faça isso. Os 200 pontos nessa competência dependem disso! 😉

Fechar com chave de ouro é fundamental

No último exemplo, houve um “fechamento” depois da apresentação das propostas. Você percebeu? É muito importante que, no parágrafo de conclusão, você mostre para o leitor que está fechando o texto. Há duas coisas que ajudam nesse fechamento: em primeiro lugar, é fundamental que você apresente um conectivo conclusivo. É importante evitar inícios “batidos” e “redundantes”, como “concluindo”, “assim sendo”, “em suma” e “diante do que foi exposto”, mas é crucial apresentar algo como “portanto”, “dessa forma”, “então” etc. Note, também, que o conectivo está deslocado do início do parágrafo – e foi colocado entre vírgulas. Essa é uma estratégia que dá certo luxo à construção textual e mostra que você domina o uso dessas ferramentas.

Além do conectivo, apresentar alguma frase de efeito ou reflexão que mostre a importância da resolução pode ser interessante. No parágrafo acima, o autor mostrou que as propostas podem melhorar o problema e ainda retomou a introdução, que apresenta a fala de dois autores sobre o hábito da leitura no mundo contemporâneo. Retomar a contextualização da introdução cria certa circularidade, mostrando que seu texto foi muito bem planejado. Treine isso, ok?

E aí, descomplicamos? Vamos dar uma olhada em um exercício? Depois disso, não deixe de fazer uma redação!

Bom treino e bom 1000!

Exercício

1. Quais problemas o parágrafo abaixo apresenta?

“Concluindo, fica evidente, portanto, que a publicidade direcionada ao público infantil deve ser discutida por todos os setores. É preciso então que o governo se conscientize e adote medidas que limitem a ação dos publicitários. A criança ainda não tem condições de decidir por si mesma, uma vez que ela está em fase de formação e não dispõe de muitos conhecimentos para fazer uma escolha consciente.”

Continue estudando
Post do blog

Questões Comentadas: Coesão Textual

Leia o resumo O que é Coesão Textual e Coerência Textual?” e resolva o exercício abaixo.
artigo
Post do blog

Mapa Mental: Estrutura da Dissertação

Aprenda a Estrutura da Dissertação para arrasar na redação do ENEM e garantir sua nota 1000! 😀
artigo