Como foi criada a União Européia e quais os seus objetivos?

/Você já ouviu falar na União Européia? É aquela organização econômica de países situados principalmente na Europa. É, também, um prato cheio para as provas de vestibular cobrarem seu conhecimento. Vamos dar uma olhada mais aprofundada sobre essa União e tirar as suas dúvidas sobre o assunto para o vestibular?

Bandeira da União Européia
Bandeira da União Européia

O objetivo

O objetivo da União Européia girou ao redor de três eixos fundamentais, um deles sendo primordialmente territorial. A Europa sempre foi um continente extremamente conflituoso. Há anos atrás o continente era extremamente instável com mudanças territoriais e diversas guerras em diferentes escalas. Pense nas guerras que você estida para o vestibular e onde elas nascem (Guerra das Rodas, Primeira Guerra Mundial, Segunda Guerra Mundial e por aí vai). Europa, né? Portanto, o principal objetivo da União Européia seria manter a estabilidade territorial e promover a paz.

Um segundo objetivo seria econômico, principalmente em um mundo cada vez mais competitivo e com os Estados Unidos se afirmando como potência isolada. Os países europeus encontraram na cooperação mútua e na formação de um bloco um caminho para seus próprios desenvolvimentos.

Cronologia

No princípio havia a Bélgica, Holanda e Luxemburgo formando o que era chamado BeNeLux. A iniciativa se espalhou e a Companhia Européia do Carvão e do Aço com França, Alemanha, Itália e os países da BeNeLux foi criada em 1951, começando a operar em 1952.

Com isso, o crescimento nestes países foi sensível e os indicadores econômicos e sociais apontaram o sucesso da integração. Surgiam diversas iniciativas de integração como a cooperação atômica e a Comunidade Econômica Européia.

Com o Tratado de Maastricht assinado, a União Européia começa a existir com este nome em 1993 e junto dela o mercado comum e o caminho para todas as integrações que conhecemos hoje no bloco mais integrado do mundo.

Deu certo? E a crise, vai acabar?

Calma, volta. Leia os objetivos e pense bem. Você acha que deu errado? Claro. Tem a crise e tudo mais, porém, hoje em dia, a força da Europa consiste na sua parcial cooperação e na sua estabilidade! Este é o maior período de paz democrática na história recente européia e muitos analistas conferem à União Européia esse mérito. Tanto para apaziguar antigas rivalidades, quanto para não deixar que noas sejam criadas. Então não deixe de pensar que existe, sim, um lado da União Européia com bastante sucesso e que faz com que europeus vivam com muito orgulho da iniciativa de integração e muito receosos com a possibilidade de dissolução.

Encontro de líderes dos países inseridos na União Européia
Encontro de líderes dos países inseridos na União Européia

Mas o que está em crise, então? A Zona do Euro! Esta é a que está em crise e capenga pela má administração de contas públicas de alguns países, sobretudo Grécia e países ibéricos. A imobilidade causada pela adesão a uma moeda única fez com que a Grécia, por exemplo, não pudesse valorizar sua moeda. estratégia comum em países com crise, para aumentar exportações, pois a Alemanha ia muito bem, obrigada! Portanto, quando falarem para você a União Européia está em crise, responda com um sonoro NÃO, quem está em crise é a Zona do Euro, a União Européia tem apenas uma unha encravada.

Continue estudando
artigo
Post do blog

Um resumão sobre a América Latina que vai te ajudar a estudar os principais tópicos desse assunto

Nosso resumo de hoje é sobre a América Latina. Minha intenção é fazer um panorama geral, o famoso resumão, dos principais pontos do tema.
artigo
Post do blog

Tigres Asiáticos

Fala ai, Pessoal!! Poucas Porvas restam, logo outros temas vou trazer para aumentar a carga de conteúdo de vocês.