Aspectos Macroscópicos da Matéria: veja os conceitos mais importantes

Já está na hora de voltar a estudar! Comece o ano ficando por dentro dos aspectos macroscópicos da matéria!

Desde antes de cristo, filósofos tentavam compreender os mistérios da composição da matéria. Aristóteles (figura acima), munido de conceitos de outros pensadores, introduz a ideia de que os 4 elementos (fogo, ar, água e terra), que até então explicavam a constituição da matéria, poderiam ser diferenciados por suas propriedades, gerando assim a concepção de transformação da matéria. De lá pra cá, muito foi descoberto; então, vamos entender mais sobre essas descobertas neste resumo sobre: os aspectos macroscópicos da matéria.

O que é macroscópico?

Uma bela mesa de café da manhã (como a da figura acima), bem como tudo que conseguimos enxergar, constitui o campo macro de estudo da química. O prefixo ‘macro’ é um elemento da língua portuguesa que significa grande, daí entende-se que estudar aspectos macroscópicos é estudar aquilo que vemos.

Conceitos fundamentais

É preciso discutir alguns conceitos fundamentais, tais como:

  • Matéria: É tudo que tem massa e ocupa lugar no espaço. Ex: Tronco de árvore.
  • Corpo: porção limitada de matéria. Ex.: Pedaço de madeira.
  • Objeto: Porção de matéria com uma utilidade atribuída. Ex.: Cadeira.
  • Átomo: Menor porção da matéria que mantém características químicas e físicas inalteradas.
  • Elemento: A cada átomo existente, dá-se o nome de elemento químico.

Classificação da matéria

Divide-se a classificação da matéria em: substância pura e mistura. A substância pura pode ser simples quando apenas um elemento químico a compõe, ou composta quando mais de um elemento químico faz parte de sua estrutura, a exemplo do sal da figura composto de dois elementos: sódio (Na)  Cloro e (Cl). As misturas ocorrem com a união de duas ou mais substâncias no mesmo meio. As misturas podem ser homogêneas, quando há apenas uma fase visível, ou heterogêneas quando há mais de uma fase visível.

Estados físicos e suas transformações

Em dias de muito calor, quem nunca viu seu sorvete derreter antes que pudesse terminar de comer? Esse sorvete deixou de ser sólido e aos poucos foi se tornando líquido; isso é um exemplo de mudança de estado físico. Essas mudanças ocorrem dependendo da alteração de temperatura, o que influencia na energia, que pode ser absorvida (processo endotérmico) ou liberada (processo exotérmico).

Na figura acima, a seta para direita indica o sentido da absorção de calor.

Na figura acima, a seta para esquerda indica o sentido da liberação de calor.

Os estados físicos são sólido, líquido e gasoso. Estes sofrem as seguintes alterações:

Gráficos de aquecimento

Pode-se citar 4 gráficos principais para substâncias puras e misturas, abaixo, seguem os tipos e suas características.

  • Gráfico substância pura

O gráfico de aquecimento de uma substância pura possui as características de pontos de fusão e ebulição constantes. Observe abaixo:

Cada ponto marcado possui a seguinte legenda:

Esta legenda serve para todos os gráficos a seguir.

  • Gráfico da Mistura

O gráfico de aquecimento de uma Mistura possui as características de pontos de fusão e ebulição variáveis. Observe abaixo:

  • Gráfico da Mistura Eutética

O gráfico de aquecimento de uma mistura eutética possui as características de ponto de fusão constante e ponto de ebulição variável. Observe abaixo:

  • Gráfico Mistura Azeotrópica

O gráfico de aquecimento de uma mistura azeotrópica possui as características de ponto de fusão variável e ponto de ebulição constante. Observe abaixo:

Exercícios

1) (FUVEST – 1ª Fase) Ácido acético e bromo, sob pressão de 1atm, estão em recipientes imersos em banhos, como mostrado na figura adiante. Nessas condições, qual é o estado físico preponderante de cada uma dessas substâncias?

Dados: o ácido acético apresenta temperatura de fusão igual a 17°C e temperatura de ebulição a 1 atm igual a 118°C. O bromo apresenta temperatura de fusão igual a –7°C e temperatura de ebulição a 1 atm igual a 59°C.

a) Ácido acético sólido e bromo líquido.

b) Ácido acético líquido e bromo gasoso.

c) Ácido acético gasoso e bromo sólido.

d) Ácido acético sólido e bromo gasoso.

e) Ácido acético gasoso e bromo líquido.

2) (PUC-MG) Considere as seguintes proposições:

I. Não existe sistema polifásico formado somente por vários gases ou vapores.

II. A água é uma mistura de hidrogênio e oxigênio.

III. Todo sistema homogêneo é uma mistura homogênea.

IV. Existe sistema monofásico formado por vários sólidos.

V. Todo sistema polifásico é uma mistura heterogênea.

São VERDADEIRAS as afirmações:

a) I, II e III.

b) I e II apenas.

c) I e IV apenas.

d) III, IV e V.

3) (UECE) O tratamento da água que a CAGECE distribui, consiste basicamente na adição de sulfato de alumínio, cloro, flúor e outros produtos químicos. A água, após o tratamento, classifica-se como:

a) mistura homogênea

b) mistura heterogêne

c) mistura azeotrópica

d) substância simples

4) (UNIRIO) Um cientista recebeu uma substância desconhecida, no estado sólido, para ser analisada. O gráfico a seguir representa o processo de aquecimento de uma amostra dessa substância.

Analisando o gráfico, podemos concluir que a amostra apresenta:

a) duração da ebulição de 10min.

b) duração da fusão de 40min.

c) ponto de fusão de 40°C

d) ponto de fusão de 70°C

e) ponto de ebulição de 50°C

GABARITO

1 – E

2 – C

3 – A

4 – C

Continue estudando
artigo
Post do blog

8 métodos de separação de misturas que fazem parte do seu dia a dia

Já sabe tudo sobre Separação de Misturas? Vem aprender com a gente e ficar preparado para sua prova de química!
artigo
Post do blog

Química: Separação de Misturas

Quem está animado para a segunda semana de aulas? Quem quer aprender sobre Separação de Misturas? o///