5 músicas que vão te ajudar a entender o Sertão Nordestino para não dançar na prova

Essas músicas vão te ajudar a lembrar os assuntos mais cobrados nas provas que envolvem o Sertão do Nordeste. Devemos lembrar que a prova do ENEM tem bastante foco nos eixos temáticos cultural e social, por isso as questões envolvendo o Sertão e o Nordeste brasileiro são muito relevantes.

1. “Juazeiro e Petrolina”, de Luiz Gonzaga: O Rio São Francisco

Juazeiro e Petrolina são duas cidades que margeiam o Rio São Francisco. Conhecido como “Velho Chico”, ele tem importância em escala local, para as populações ribeirinhas e comunidades que sobrevivem a partir dos seus recursos, em escala regional, no que diz respeito a produção de energia para muitas cidades do Nordeste e de outras regiões do Brasil, e nacional, quando da integração do Nordeste com o Centro-Sul do país.

2. “Asa Branca”, de Luiz Gonzaga: A seca no Sertão

“Asa Branca” é uma música muito conhecida, que já esteve presente algumas vezes em provas de vestibular. A música fala sobre a seca no sertão nordestino, sobre as consequências para aquela população e sobre a saída de pessoas no Nordeste.

O sertão Nordestino ainda é palco de conflitos políticos envolvendo a escassez de recursos hídricos, a chamada “Indústria da Seca”.

Na tentativa de diminuir os problemas da seca, integrar o Nordeste ao restante do país e diminuir a desigualdade entre as regiões, foi criada a Sudene – Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste.

3. “No dia em que eu saí de casa”, de Zezé di Camargo e Luciano: Êxodo Rural

Zezé di Camargo e Luciano também falaram sobre a saída de pessoas do Sertão Nordestino em “No dia em que eu saí de casa”. Fenômeno conhecido como Êxodo Rural, é causado principalmente pela escassez de recursos para a subsistência no sertão do Nordeste e pela busca de melhores oportunidades de vida e empregabilidade.

Sobre esse aspecto, a SUDENE também teve alguma influência. De início, ela deveria ajudar no desenvolvimento e na manutenção de uma agricultura capaz de resistir as condições adversas do semiárido nordestino e do sertão.

4. “Saudade minha terra”, de Chitãozinho e Xororó: Migração de Retorno

“Saudade da minha terra” mostra o descontentamento de quem saiu do sertão para as áreas urbanas do país, no caso da música, São Paulo. A música canta o desejo de retorno e o saudosismo dos sertanejos, que não encontram nos grandes centros urbanos muitas condições de acesso a emprego e melhoria de vida.

5.  “Encontro de Lampião com Eike Batista”, de El efecto: O Cangaço

Essa música relata uma passagem do grupo dos Cangaceiros comandado por Virgulino Lampião. O Cangaço era um movimento violento contra a concentração fundiária e desigualdades sociais no Nordeste.

Gostou da lista? O que mais você quer ver no Desconversa?

Continue estudando
Post do blog

O que é cultura material e imaterial?

Descubra tudo sobre Cultura Material e Cultura Imaterial e fique pronto para arrasar na sua prova de história da escola e do vestibular!
artigo
Post do blog

Questões Comentadas: Cultura Material e Imaterial

Leia o resumo O que é cultura material e imaterial? e resolva os exercícios abaixo.
artigo