3 tirinhas da Mafalda que te explicam os conceitos básicos de sintaxe

Tá achando que é só a galera de Letras que vive de frase, oração e período? Continua lendo que nós vamos te mostrar que não e aprenda tudo sobre sintaxe!

1) O que é frase?

Antes de dar início a qualquer estudo sintático, é preciso, antes de tudo mesmo, saber que frase é todo enunciado linguístico de sentido completo. Se a frase contém um verbo, é chamada de verbal e normalmente mostra organização do discurso. Por outro lado, quando não há verbo, a frase é chamada de nominal e traduz com muito mais evidência a emoção do emissor.
Observe a tirinha abaixo:

Nesta, podemos ver que os cinco primeiros quadrinhos têm frases nominais. Como assim? Não há verbos, mas, sem dúvida, estão subentendidos e variam conforme a situação: por exemplo, no segundo, entende-se que Mafalda pede que a contagem seja feita mais alta; no quarto, ela alerta sobre o lixo no caminho como se falasse “Olha o lixo!”.

2) O que é oração?

Depois de passar do nível 1, você já está pronto para entender que oração é o enunciado que se organiza em torno de um verbo. Em outras palavras,  oração é sempre uma frase, mas nem toda frase é uma oração, já que há frases nominais.
Observe: 

Nesta tirinha, podemos usar os dois primeiros quadrinhos para exemplificar uma oração. No primeiro, há o verbo “é”, enquanto, no segundo, há o verbo “está” seguido da forma nominal “indo”.

3) O que é período?

Como você já está cheio de experiência, já pode assimilar que o período é a frase organizada em oração ou orações. Quando o período é formado por só uma oração, é chamado de simples. Quando é formado por mais de uma oração, é chamado de composto.
Quer uma dica? Reconhecer o número de orações do período é simples: basta lembrar que um verbo constitui uma oração. Logo, o número de verbos é igual ao número de orações. No entanto, lembre-se de que o verbo de uma oração pode estar implícito num zeugma.

Observe esta tirinha:


Em “Achei que ele ia pendurar a placa na humanidade”, tem-se um período composto por subordinação. Por quê? Podemos identificar dois verbos na frase: “achei” e “ia”. No entanto, os dois verbos estão ligados pela relação de subordinação entre as orações. Portanto, “Achei” é a oração principal e “que ele ia pendurar a placa na humanidade” é uma oração subordinada substantiva objetiva direta, exercendo função de objeto diretodo verbo da oração principal.

Continue estudando
Post do blog

Transitividade Verbal — 5 Dicas Para Você Nunca Mais Esquecer

Já ouviu falar sobre transitividade verbal? Esse termo refere-se à relação de um verbo transitivo com um complemento. Ou seja, ele indica que há a necessidade de um complemento para que exista sentido na oração. Acompanhe a seguir e entenda melhor este conceito.
artigo
Post do blog

Mapa Mental: Conceitos Básicos de Sintaxe

Sintaxe não precisa ser difícil! Aprenda tudo com este mapa mental que vai salvar sua prova de português da escola e do vestibular!
artigo