3 movimentos sociais da Primeira República que podem aparecer na sua prova da UERJ

O Primeiro Exame de Qualificação do vestibular 2016 da UERJ está chegando! Já se preparou para a prova de história? Nós te contamos o que vai cair.

3 maneiras que os movimentos sociais da Primeira República podem aparecer na sua prova da UERJ
3 maneiras que os movimentos sociais da Primeira República podem aparecer na sua prova da UERJ

Todo mundo está ansioso com a prova do ENEM, mas quem vai prestar vestibular para a UERJ tem uma preocupação a mais: dia 12 de junho será realizado o primeiro exame de qualificação. Um dos assuntos que mais caem nessa prova é o Período Republicano brasileiro. Para ajudar nesse assunto, te mostraremos 3 maneiras de como os movimentos sociais da Primeira República podem cair no seu exame!

1. Revolta da Chibata



Liderada por João Cândido, o Almirante Negro, a Revolta da Chibata foi um movimento de marinheiros contra os castigos físicos ainda existentes na Marinha Brasileira, como um resquício do período escravista. Lembremos que essa revolta aconteceu em 1910, apenas vinte e dois anos após a abolição da escravidão no Brasil. Na primeira fase da UERJ de 2010 foram cobradas exatamente as causas da Revolta da Chibata e sua relação com o período escravista.

2. Reforma Urbana e Revolta da Vacina



Por se tratar de uma universidade estadual, a UERJ cobra muitos assuntos relacionados diretamente ao Rio de Janeiro, como é o caso da Reforma Urbana de Pereira Passos e a Revolta da Vacina. Visando diminuir as constantes epidemias que assolavam a cidade do Rio e igualá-la ao ideal de sociedade civilizada baseada nos moldes franceses, Pereira Passos implementou uma série de reformas urbanas que, dentre outros, destruiu habitações coletivas, como os cortiços, e abriu uma avenida central. Tal fato gerou tensões sociais que foram potencializadas pela campanha de vacinação obrigatória, que culminou na Revolta da Vacina. Veja abaixo como a UERJ abordou esse assunto no exame de qualificação de 2011.

3. Revolta de Canudos



O Movimento de Canudos, que teve à frente o líder messiânico Antônio Conselheiro, ocorreu na Bahia do início do século XX e se inseriu no contexto do liberalismo excludente da Primeira República. A população do sertão da Bahia, insatisfeita com a miserabilidade em que viviam, além da repressão sofrida pelo coronelismo, fundou um povoado na cidade de Canudos, desafiando o poder central brasileiro. O movimento foi fortemente reprimido e hoje temos apenas as ruínas do que foi esse povoado, inclusive isso já foi tema de questão do ENEM! A UERJ, em 2010, questionou os motivos da Revolta de Canudos.

Continue estudando
Post do blog

Questões Comentadas: Construção da Primeira República Brasileira

Leia o resumo “Como ocorreu a construção da primeira república brasileira?” e resolva os exercícios abaixo.
artigo
Post do blog

Como ocorreu a construção do Estado Brasileiro? (1808-1831)

Quer saber tudo sobre a Construção do Estado Brasileiro? Dê uma olhada neste resumo e fique por dentro de tudo para arrasar na sua prova de história!
artigo