3 características do Toyotismo que têm tudo a ver com o seu celular

Já sabe tudo sobre Toyotismo? Vem cá que a gente desenrola tudo para você tirar um 10 na sua prova de geografia!

Com a decadência do Fordismo no início da década de 1970, emergiu um novo modelo produtivo que estabeleceu novos padrões de produção industrial e características do trabalho, o Toyotismo ou Pós-Fordismo. O que você talvez não saiba é que no seu celular você encontra três características deste modelo. Vem ver!

1. Obsolescência programada

Sabe aquele celular que em pouco tempo começa a apresentar os primeiros defeitos? Pode ser que eles não estejam relacionados à um mau uso, mas sim à algo programado para acontecer desde a concepção do produto. O conhecimento científico no Toyotismo é fundamental para o desenvolvimento de novas tecnologias, mas imagina se fossem produzidos celulares que nunca dessem defeitos? As indústrias iriam vender seus produtos apenas uma vez para cada pessoa, reduzindo assim o mercado consumidor. Por isso, muito se investe na pesquisa científica, para que sejam produzidos bens de qualidade mas não muito duráveis.

2. Flexibilidade

Uma das características do modelo de produção toyotista é a flexibilidade tanto da produção, que se adequa ao gosto do consumidor, quanto da mão-de-obra, que passa a ser multifuncional e a ter um horário flexível destinado ao trabalho. Para que esta flexibilidade fosse possível, houve a necessidade de que os transportes e principalmente a informação circulasse em lugares cada vez mais distantes e de forma rápida. Tendo como exemplo alguém que trabalhe em casa há a necessidade do uso de internet, computador, celular e outros.

3. Desconcentração industrial

Algo que talvez você não saiba é que, apesar de você ter comprado seu celular no Brasil. as peças dele podem ter vindo de diversas partes do mundo. A desconcentração industrial foi motivada pelas pressões sindicais e ambientais, impulsionando assim as indústrias a se deslocarem para países em que estas pressões sejam menores, geralmente os países periféricos e emergentes. Dessa forma, a produção industrial se fragmentou por diversas partes do mundo.

Agora é só arrasar nas provas e tirar um 10! \o/

Continue estudando
Post do blog

Mapa Mental: Formação do Espaço – Revoluções Industriais

Vem descobrir tudo sobre a Formação do Espaço nas Revoluções Industriais e fique pronto para arrasar na sua prova de geografia!
artigo
Post do blog

Geografia: Formação do Espaço e Revoluções Industriais

Quem aí está doido para conhecer o Hansen, o melhor professor de Geografia do Brasil? 😀
artigo