3 blocos de poder que provam que a geopolítica mundial tem tudo a ver com o clipe "Sugar", da banda Maroon 5

Com essa lista, além de se divertir, você vai aprender as seguintes competências e habilidades do ENEM:

Competência relacionada: C2 – Compreender as transformações dos espaços geográficos como produto das relações socioeconômicas e culturais de poder.

Habilidade relacionada: H7 – Identificar os significados histórico-geográficos das relações de poder entre as nações.

A geopolítica mundial se refere às relações estabelecidas entre os Estados em busca de um objetivo, ou seja, é a relação internacional que se estabelece de diferentes formas entre os países a partir da adoção de estratégias. Uma destas estratégias é a formação de blocos regionais de poder, também conhecidos como blocos econômicos, que muito além de envolver as relações comerciais entre países representa a formação de um grupo que passa a possuir grande influência em determinadas áreas.

E o que tudo isso tem a ver com o clipe fofo da música “Sugar”, da banda Maroon 5?

Surpresa!
Surpresa!

Um dos videoclipes mais recentes da banda Maroon 5 é o da música “Sugar” que derreteu muitos coraçõezinhos \o . No clipe a banda invade várias festas de casamento e surpreende os donos das festas ao começarem a tocar a música para a felicidade de todos os que estão presentes nas comemorações.

No clipe a banda conseguiu representar os três principais blocos de poder que se destacam na geopolítica mundial, se a considerarmos como uma grande festa, os donos da festa ou União Europeia, os penetras ou o Mercosul e aquele convidado que também quer ser incluído no parabéns, que quer receber aplausos, ou o NAFTA. Vamos a eles! 😉

1. Os donos da festa ou União Europeia

Como todo dono de festa, o Maroon 5 (ou a União Europeia), está no centro das atenções. Formado em 1992 através do Tratado de Maastricht, este bloco formado por países como Alemanha, Irlanda, Itália e Reino Unido, possui como características uma moeda única, o euro, e o fato da população dos países membros poder circular livremente pelos países que compõem o bloco. Assim como quando alguém planeja uma festa, os países da União Europeia são os que estão a frente da maioria das decisões geopolíticas mundiais, isso porque são economias consagradas, apesar das crises dos últimos anos, um exemplo disso é a composição do conselho de segurança da ONU em que dos cinco membros permanentes, dois são membros da União Europeia – Reino Unido e França.

2. Os penetras ou MERCOSUL

Se a festa é boa de verdade sempre rola penetras e na geopolítica mundial não foi diferente. O Mercosul – Mercado Comum do Sul – foi estabelecido em 1991 e é formado por Brasil, Paraguai, Uruguai, Argentina e Venezuela. Estes países se reuniram com o objetivo de derrubar as barreiras comerciais entre os países membros, possibilitando assim a intensificação do comércio entre eles, o que geraria um destaque ainda maior no cenário geopolítico mundial, que somado ao destaque que já possuem regionalmente – importantes economias da América do Sul -, os tornaria mais influentes internacionalmente, ainda que concorrência, ou seja, “penetras”, seja a última coisa que “os donos da festa” querem, a não ser que eles sejam o Maroon 5.

3. O aniversariante que não dá festas ou NAFTA

Sabe aquele cara que foi convidado para uma festa de aniversário, também assopra velinhas no mesmo dia e ainda quer receber atenção como se fosse o dono da festa? Isso acontece com o  NAFTA na Geopolítica Mundial. O NAFTA – Tratado Norte Americano de Livre Comércio – teve início em 1994 e estabeleceu novas regras comerciais entre os países membros – EUA, México e Canadá – mas o papel de destaque coube aos EUA que sempre esteve a frente no comando de propostas, além disso esteve desde o fim da Guerra Fria disputando o comando da geopolítica mundial com os países que se reergueram da 2ª Guerra Mundial, muitos destes que compõem a União Europeia.

O importante é que, independente de com qual desses participantes da festa você  se identifica, a certeza é que você vai arrasar na prova! 🙂

Já deu uma olhada no resumo, nas questões comentadas e no Mapa Mental sobre Geopolítica Mundial? Estude com o Família Descomplica e garanta a sua vaga na universidade! ;D

Continue estudando
Post do blog

Questões Sobre Guerra Fria — o Mundo Bipolar

Depois de ler o resumo que preparamos com o tema “Guerra Fria: o Mundo bipolar”, você pode testar seus conhecimentos e ficar mais preparado para o assunto, respondendo as questões sobre Guerra Fria que reunimos nesse post. Elas foram tiradas de provas anteriores do ENEM e de outros vestibulares importantes.
artigo
Post do blog

Guerra Fria: o mundo bipolar

Ao fim da Segunda Guerra Mundial, dois países saíram como as maiores potências mundiais: o primeiro, Estados Unidos da América, capitalista, e o segundo, URSS, socialista, ou seja, com ideais completamente opostos, acirrando ainda mais a rivalidade entre os dois países. Foi dessa chamada disputa ideológica que surgiu a Guerra Fria. Esse período de disputa hegemônica teve esse nome por ter acontecido apenas no campo ideológico, não chegando a haver uma declaração oficial de guerra entre os blocos.
artigo